Thumbnail

A segunda reunião do Conselho do GazzSummit reuniu líderes do ecossistema de inovação dos setores público e privado do Paraná. Crédito: Divulgação.

GazzSummit

Segunda reunião de conselho do GazzSummit discute as temáticas e experiências que vão pautar o evento

Fernando Henrique de Oliveira
Fernando Henrique de Oliveira
01/03/2024 14:29
O GazzSummit Agro & Foodtechs está será um dos principais eventos do ecossistema de inovação do Paraná, abordando duas verticais essenciais para o estado e o país. Com o objetivo de oferecer insights sobre os ecossistemas do agronegócio e da alimentação, o evento reunirá líderes e especialistas nos dias 8 e 9 de maio, na PUCPR - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em Curitiba.
Desde o lançamento do projeto em novembro de 2023, o GazzSummit vem promovendo a troca de conhecimento e conexões. Este é um dos objetivos do evento que vai contar com 22 horas de conteúdo dedicado à cadeia alimentar, da produção ao consumidor final, além  de uma programação repleta que conta com feira de negócios, momentos de networking e reuniões paralelas. A expectativa é reunir  mais de 300 empresas.
Nesta sexta-feira (1), o GazzConecta realizou a segunda reunião do Conselho do GazzSummit, com líderes do ecossistema de inovação do estado. O encontro abordou temas como a agenda ESG, os processos da cadeia alimentar, as tecnologias que influenciam os setores agrícola e alimentício, negócios disruptivos e o interesse dos investidores nessas áreas. As discussões geraram insights importantes para a definição das experiências que serão realizadas  durante o evento.
Participaram da reunião representantes de diversos setores, incluindo o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul - BRDE, o Governo do Paraná, a Prefeitura de Curitiba e o Habitat Senai da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).
Nomes como Thiago Marcelino, da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital; Breno Campos, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná; e Felipe Jesus, diretor na Secretaria de Segurança Alimentar de Curitiba, estiveram presentes. Além deles, também participaram da reunião Cassiano Piekarski, sócio e cofundador da inbix; Louise Varela, assistente da Coordenação Estadual de Startup do Sebrae/PR; Alessandra Reis, coordenadora de Cidades Inteligentes da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação; Elines Mainardes, coordenadora do Habitat Senai (Fiep); e Carmem Truite, gerente de operações indiretas e produtores rurais, e Tiago Pesch, gerente de operações adjunto do BRDE no Paraná.  
Os conselheiros do GazzSummit, Cris Alessi e Zaki Akel, também estiveram presentes e contribuíram para a geração de insights e experiências que marcaram esta segunda reunião.
O encontro representou mais uma etapa do circuito de debates e discussões prévias ao evento - a primeira reunião do Conselho do GazzSummit ocorreu em 31 de janeiro. Encontros adicionais estão agendados até maio para solidificar as perspectivas sobre os temas das verticais do GazzSummit. 

Sinergia e colaboração

Carmem Rodrigues Truite, gerente de operações indiretas e produtores rurais do BRDE, acredita que o GazzSummit tem uma grande importância para o Paraná, uma vez que irá proporcionar atualização e identificação de oportunidades de contribuição entre setores e a sociedade.
Ela ressalta as vastas oportunidades de trabalho e desenvolvimento presentes no ecossistema agrícola, logístico, alimentar e de inovação, destacando a interseção entre aspectos sociais, financeiros, tecnológicos e ambientais. 
“Foi muito enriquecedor participar da reunião, ainda mais por ela trazer de forma palpável a sinergia entre os objetivos do BRDE e os do GazzSummit, visando aprimorar políticas públicas e privadas para melhorar a qualidade dos setores que compõem o evento e, por consequência, a vida dos cidadãos e do meio ambiente”, diz.
Carmem ainda destaca que a reunião foi importante por trazer o tema da valorização das startups e das empresas em um cenário em que a colaboração se faz necessária “Academia, indústria e sociedade devem estar juntas para que a inovação aconteça de forma a colaborar com o todo”, comenta ela que ainda ressalta o potencial do Paraná como um centro de excelência em ciência e tecnologia.
Thiago Pesch, gerente de operações adjunto do BRDE no Paraná, destaca o papel do banco no atendimento das cooperativas agroindustriais do estado. "O compromisso do BRDE com a inovação é significativo. Uma prova disso é o BRDE Labs, que busca acelerar o desenvolvimento da inovação na região Sul. O banco não se caracteriza apenas pela oferta de crédito, mas também pelo apoio institucional e a promoção de conexões entre empresas", comenta.
Ele considera o GazzSummit uma iniciativa inovadora e importante para conectar diversos atores do setor. Para ele, a reunião foi positiva por trazer profissionais qualificados que promoveram uma discussão importante sobre trilhas a serem percorridas nesta etapa de concepção do evento, enriquecendo as colaborações entre universidades, empresas e startups.
Para Millena Prado, head do GazzConecta, este segundo encontro reforçou a relevância e o potencial do evento para impulsionar a inovação e a economia do Paraná e do Brasil como um todo.
"O GazzSummit Agro & Foodtechs facilitará a troca de conhecimentos e experiências, estimulando novas iniciativas e parcerias que impulsionarão o desenvolvimento sustentável e a competitividade desses setores vitais. O evento se destaca como um marco na discussão dos desafios e oportunidades do agronegócio e das foodtechs no Paraná", destaca.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão