Thumbnail

João Kepler

João Kepler é empreendedor que investe desde 2008. Premiado como melhor Investidor Anjo do Brasil pelo Startup Awards. É diretor na FIESP e na ASSESPRO; conselheiro na ACE, ANPROTEC e ACSP; apresentador do Reality Show [O ANJO Investidor]. Autor de vários livros e conselheiro da Gazeta do Povo.

Fake News

Quais são as suas fontes de informação?

21/05/2020 13:13
Não é nenhuma novidade dizer o quanto é fundamental estar atento as suas fontes de informação. Este cuidado se mostrou ainda mais necessário nos últimos meses em função da quantidade de informações falsas ou erradas sobre o o novo coronavírus que circulou e ainda circula na internet, principalmente.
Este foi um exemplo real de como informações deturpadas podem influenciar seu poder de decisão e isso em todas as esferas. Lembro com frequência para quem me acompanha que é preciso selecionar e escolher as pessoas que você segue, os canais e mídias que se provam isentas e imparciais, e assim por diante. Isso porque inevitavelmente ao ouvir algo, isso entra na sua mente e pode te induzir, mesmo que inconscientemente ao erro.
Minha
dica neste sentido: leia muito, mas seja cuidadoso e questione a fonte. Ouça
podcasts de negócios, veja muitos vídeos também de assuntos que não são da sua
área, vá a palestras e crie conhecimento complementar além do seu estudo. Mas
atenção: você não ganha pelo que sabe, mas pelo o que faz com o que sabe.
Ou seja, saber absorver e utilizar as informações que recebe é outro ponto fundamental no processo de construção de referência. Assim como você precisa se preocupar com o que recebe e quem acompanha no dia a dia, tenha o mesmo cuidado ao repassar qualquer informação. As pessoas que a recebem podem parar de acreditar em você, consequentemente.
Então, o
que devemos nos atentar para conseguir uma informação confiável? Nem toda
informação publicada na internet é confiável. Isso era algo que todas as
pessoas deveriam saber, embora algumas nem imaginam. Quando se faz uma pesquisa
no Google, querer um resultado rápido é uma necessidade de se informar.
Em
primeiro lugar, não acredite no primeiro resultado que obter. Pesquise, compare
e revise. Use a busca avançada. Segundo ponto, veja quem escreve a informação.
Leia as credenciais do autor e de sua reputação (visitar sua página no LinkedIn
pode ser um bom indicativo de quem se trata). Terceiro, nunca se esqueça de
verificar se o conteúdo por si só é bem produzido. Fake News, no geral, são mau
redigidas, os textos não são originais e dificilmente possuem um raciocínio
lógico e/ou cita suas fontes de informação.
Nunca foi
tão importante estar bem informado para saber como agir e tomar novas decisões
no novo mundo que está em processo de construção. Para tal, esteja cercado de
fontes confiáveis e pessoas coerentes.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão