Thumbnail

Durante quase uma década, uma série de relatórios forneceu uma perspectiva global abrangente sobre a relação entre a diversidade e o desempenho da organização. Crédito: Federcap / Freepik.

Cris Alessi

Cris Alessi

Cris Alessi é consultora de inovação e transformação digital, conselheira, palestrante, investidora-anjo e autora do livro "Gestão de Startups: desafios e oportunidades”.

Transformação

A diversidade importa

22/01/2024 17:31
O título do meu artigo de hoje pode sugerir que vou abordar a importância de montar times diversos nas organizações, reforçando o quanto isso melhora o ambiente corporativo e eleva a qualidade da força de trabalho.
Também poderia sugerir que eu pretendo ressaltar o quanto precisamos avançar no tema de mulheres em cargos de liderança ou em conselhos, me unindo ao coro dos investidores de State Street Global Advisors e BlackRock se posicionando contra a reeleição de diretores em conselhos só masculinos - segundo o índice S&P 500, apenas 32% dos conselhos possuem mulheres.
Poderia reforçar o quanto a mistura de diferentes culturas, etnias e gerações reforça a criatividade na busca por produtos e serviços melhores para o mercado - e a criatividade é fundamental para inovar.
Eu poderia insistir que o mercado de tecnologia precisa ser um propulsor de diversidade. Não há dúvidas que quanto mais a tecnologia impacta a sociedade, com mudança de comportamento, com a entrada de novos produtos e serviços, mais há necessidade de uma visão multisetorial para a construção de negócios sólidos para o futuro.
Ou, por fim, deveria dizer que a diversidade e a inclusão andam juntas, e todos os setores precisam trabalhar para a construção de uma sociedade mais inclusiva, que aceite e respeite as diferenças, que acolha e dê oportunidades justas para todos independente do gênero, condição social ou física
Mas, hoje, quero reforçar a diversidade como resultado financeiro. Pesquisa da McKinsey Global Institute mostrou que as corporações que possuem maior diversidade de gênero são 25% mais propensas a ter um desempenho financeiro superior. E 35% deste resultado veio de empresas com maior diversidade racial e étnica.
Durante quase uma década, uma série de relatórios forneceu uma perspectiva global abrangente sobre a relação entre a diversidade e o desempenho da organização.
Por isso, é importante ressaltar a diversidade como diferencial competitivo. Investir em diversidade deve ser uma estratégia corporativa, assim como investir em transformação digital e inovação.
A diversidade como multiplicidade. Diversidade como um todo, nos mais variados sentidos, desde questões étnicas, culturais, sociais, de gênero, ou pessoas com deficiência, até questões de pensamento.
Então, aqui, segue mais uma tendência para 2024: grupos que trabalham na causa da diversidade terão cada vez mais espaço e fornecerão apoio para as empresas na construção de ações mais consistentes e transformadoras para todos.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão