Thumbnail

As empreendedoras reconhecem a importância da luta pela igualdade e vêm batalhando para conquistar suas vozes e ocupar seus espaços no mercado

Pine e GazzConecta

Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino: 19 de novembro

15 mulheres inspiradoras que inovaram no empreendedorismo

11/11/2022 20:42
O mundo dos negócios é cercado por desafios, principalmente no que diz respeito às mulheres empreendedoras e em posição de liderança. Segundo dados do estudo do Nubank Data em parceria com Sebrae e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), nos primeiros sete meses de 2021, as Microempresas Individuais com homens na liderança tiveram uma receita média 23% maior que as lideradas por mulheres.
Esses são dados que evidenciam as dificuldades encontradas pelo público feminino no empreendedorismo, e, quando o tema é startups, o cenário mostra-se ainda mais desafiador. Em um contexto em que 95% dos líderes das maiores startups nacionais são homens, captar recursos financeiros e encontrar investidores pode ser uma tarefa complicada. O estudo Female Founders Report da Distrito com a Endeavor e a B2Mamy revelou que em 2020, startups fundadas exclusivamente por mulheres receberam somente 0,04% do total levantado em aportes.
Além disso, a pandemia da Covid-19 realçou mais esse quadro de desigualdade, considerando que no segundo trimestre de 2020, a quantidade de mulheres empreendedoras caiu 50% a mais do que os homens no ecossistema empreendedor, mostrou a pesquisa do Nubank. Mesmo com essa realidade, as empreendedoras reconhecem a importância da luta pela igualdade e vêm batalhando para conquistar suas vozes e ocupar seus espaços no mercado. Pensando nisso, listamos 15 mulheres inspiradoras que inovaram no empreendedorismo e são fundadoras e/ou CEOs em grande destaque nacional. Confira a lista abaixo:
1. Tatiana Pimenta, CEO e cofundadora da Vittude
Líder de uma das healthtechs referência no desenvolvimento de programas de saúde mental para empresas, Tatiana Pimenta é formada em ciência da felicidade e aplicações da psicologia positiva para ambientes de trabalho. Atualmente, também é host e idealizadora do podcast Terapeutizados e empreendedora premiada internacionalmente pela Cartier Women’s Initiative. Além de ter cursado MBA na Insper e finanças na IBMEC, a executiva tem formação em Engenharia Civil pela UEL.
A trajetória profissional da executiva deu início em empresas multinacionais de construção como a Votorantim Cimentos S/A e a Cimpor, onde foi responsável pelas áreas operacionais e comerciais. Também com passagem pela Arauco do Brasil S/A e Hilti que desenvolve, fabrica e comercializa produtos para as indústrias da construção.
Após mais de 10 anos de experiência no setor, Tatiana migrou para a área de saúde mental, onde em parceria com Everton Höpner, fundou a Vittude, empresa que oferece uma solução completa em diagnóstico, educação emocional, aculturamento de saúde mental e psicologia online. Seu corpo clínico garante credibilidade técnica e curadoria rigorosa no credenciamento de psicólogos, além de desenvolver escalas psicométricas que apoiam empresas na jornada de maturidade em saúde mental. Atende mais de 170 clientes, entre eles Grupo Boticário, Banco do Brasil, Olist, SAP, Telhanorte, Tumelero e L’Oreal, com mais de 600 mil pessoas beneficiadas por suas soluções, gerando R$32 mi em renda para psicólogos brasileiros.
2. Ana Meneguini, fundadora da Introduce to Market (ITM)
Ana Meneguini é fundadora e estrategista em Branding, Geração de Demanda e Receita na Introduce to Market (ITM). Com mais de 20 anos de experiência e com especialização em Branding, Growth, trade marketing, vendas, comunicação interna e institucional. O alto nível de especialização nestes temas, deve-se ao fato de ser visionária dos lugares que pode alcançar como empreendedora e com um perfil de liderança movido por desafio e voltado a resultados.
Empreendedora nata, é pós-graduada em Marketing pela FGV, realizou MBA em Gestão de Negócios pela USP e é mentora do movimento DPE (Delas, para Elas) e de outras iniciativas que visam fomentar a liderança e o empreendedorismo feminino. Ana acredita na possibilidade de impactar de forma positiva a economia através das marcas, sua cultura e seus produtos, criando soluções de valor real para empreendedores, clientes e a sociedade.
3. Denise Asnis, sócia fundadora da Taqe
Denise Asnis é sócia fundadora da Taqe, plataforma de recrutamento e seleção digital para vagas de emprego e cursos, e profissional com mais de 30 anos de experiência. Atuou em empresas de ponta, no que se refere à gestão de pessoas, sustentabilidade e educação corporativa, como Natura, BankBoston, Citibank e Banco Crefisul. Denise tem como missão gerar oportunidades para todos - possibilitando que jovens de baixa renda, possam ter acesso ao autoconhecimento, desenvolvimento e busca de emprego de acordo com seu perfil pessoal e profissional.
4. Dani Junco, CEO e fundadora da B2Mamy
Dani Junco, CEO e Fundadora da B2Mamy, é um dos principais nomes do país quando se pensa em inovação e maternidade. Quando se tornou mãe, ela descobriu um mundo que desconhecia, um mundo onde as mulheres tinham que escolher entre ser mãe ou líderes e escolheu os dois, escreveu uma nova página em sua carreira e fundando a B2Mamy, SocialTech especialista em tornar mães e mulheres líderes e livres economicamente, gerando impacto por meio de comunidade, educação e empregabilidade. A startup tem cerca de 50 mil mulheres inscritas na plataforma digital da B2Mamy e mais de 30.000 mulheres capacitadas e deseja conectar e empoderar aquelas que buscam entrar no ambiente de inovação e tecnologia. Dani, é especialista em marketing, vendas e gestão de comunidades e tem 16 anos de mercado. Pós graduada em Marketing, Estratégia e Gestão de Dados, ela transformou sua dificuldade de voltar ao mercado de trabalho após ter se tornado mãe, em solução para outras mães e mulheres que desejam empreender.  Através da capacitação, Dani Junco acredita que é possível contribuir para diminuição do gap de gênero existente no mercado de inovação e empreendedorismo e, seguindo esse propósito, sua empresa já capacitou e conectou mais de 10 mil mulheres por meio dos meetups, EAD e programas de capacitação.
5. Mônica Hauck, CEO e fundadora da Sólides
Apaixonada por pessoas e pelo potencial que elas têm para transformar os negócios, aos 42 anos, Mônica Hauck está liderando uma verdadeira revolução no mercado de RH. Em 2015, fundou a Sólides — empresa de tecnologia, líder no Brasil na gestão de recursos humanos de pequenas e médias empresas, que muda radicalmente a forma de gerir pessoas e os processos de RH.
Sob sua liderança, a empresa recebeu o maior aporte já feito em uma HRTech — R$ 530 milhões da gestora de private equity Warburg Pincus. Menos de dois meses depois, a Sólides já foi às compras e anunciou a aquisição da Tangerino, startup de controle digital de pontos e jornada de trabalho, visando trazer para um único lugar tudo o que as PMEs precisam para gerir RH e DP.
Formada em História, pós-graduada em Culturas Políticas, MBA em Gestão Empresarial e formação em Inovação e Empreendedorismo pela Stanford University, construiu sua carreira unindo inovação e desenvolvimento humano, que é a sua grande paixão.
6.  Nara Iachan, CMO e fundadora da Cuponeria
Nara Iachan é fundadora da Cuponeria, a primeira e mais completa plataforma de cupons de descontos do Brasil. Com 10 anos de pioneirismo no nicho e mais de um milhão de cupons emitidos por mês, a plataforma tem ajudado os brasileiros a economizarem todos os dias. A companhia que trouxe o conceito de cupons de desconto para o Brasil, hoje trabalha em diversas frentes oferecendo para além dos descontos os clubes de benefícios, invoice, cashback, entre outras funcionalidades.  Atualmente a Cuponeria conta com mais de 8 milhões de usuários e mais de 2 mil marcas parceiras, entre elas Marisa, Shopee e os maiores aplicativos de delivery. Nara foi Forbes Under 30, é formada em Economia pela UFRJ e possui MBA em Gestão e Desenvolvimento Empresarial, também pela UFRJ. Apaixonada por empreendedorismo, marketing e inovação, Nara valoriza a sensação de fazer a diferença na vida das pessoas e gerar mudanças no mercado.
7. Mariana Achutti, CEO e fundadora da Sputnik
Mariana Achutti é fundadora e CEO da Sputnik, uma das maiores escolas corporativas do Brasil. A empreendedora busca gerar mudanças no universo corporativo, utilizando de uma educação criativa e disruptiva para esse fim, tendo atingido empresas como Google, Facebook, Globo, Boticário, Ambev, entre outras. Mariana, atuou durante anos como gestora da Perestroika, escola de atividades criativas, destacada como “uma das nove empresas da nova economia brasileira”, em 2014, empreendeu, criando a Sputnik, braço In Company da Perestroika. Como brasileira, empreendedora e líder, contribui com sua experiência e conhecimento sobre novas perspectivas e possibilidades educacionais, sempre construindo o sucesso sem perder de vista seus valores e crenças.
8. Lais Macedo, presidente do LIDE FUTURO
Formada em Relações Públicas e pós graduada em administração estratégica, especialista em marketing de relacionamento, experiência, impacto e influência, Lais hoje ocupa o cargo de Presidente no LIDE FUTURO – Grupo de Líderes Empresariais. Foi responsável pela expansão nacional e internacional do LIDE, que é hoje a mais qualificada plataforma de networking, conteúdo e experiência entre jovens lideranças brasileiras. Lais criou e lidera o W LIDE FUTURO, braço de empoderamento com base na competência, diálogo e atitude da mulher. Com uma ampla e qualificada rede de networking, acredita no poder das conexões e de uma rede bem consolidada.
9. Andrea Miranda, CEO e cofundadora da STANDOUT
É Cientista de Computação com mais de 30 anos de experiência em TI aplicada ao marketing digital e publicidade. Graduada em Ciência da Computação na USP e Pós-Graduada em Automação e Informática Industrial na USP. Andrea foi Analista de Sistemas no Bradesco durante 3 anos e gerente de Tecnologia de Informação na agência de publicidade americana Havas Worldwide. Na sua trajetória profissional, Andrea já foi Diretora de Tecnologia de agências como Sinc e LOV/Dentsu e Sócia Executiva de duas produtoras de TI e fez parte dos times responsáveis pelo desenvolvimento de sistemas e aplicativos. Enquanto trabalhava na Sinc, desenvolvia tais tecnologias para clientes como Magazine Luiza, Prefeitura de São Paulo, Caixa Econômica Federal, etc. Já na LOV, Andrea fazia parte do time de desenvolvimento de aplicativos e sistemas para a Sony, Toyota e Dentsu. Desenvolveu o projeto Campo Sony, plataforma digital da Sony preparada para a World Cup 2014. Além disso, também como Diretora de Tecnologia na Rex, criou o canal Invista Itaú no Youtube, inovando na comunicação com o público. Desde 2015 Andrea é CEO da STANDOUT. Lidera a empresa no planejamento de estratégias para aquisição de parcerias, na criação e implementação da solução STANDOUT. A martech é referência em trade marketing digital e auxilia marcas e indústrias a falarem diretamente com os seus públicos no último ponto de contato digital, que é a página de produtos dos e-commerces. A STANDOUT é responsável pela distribuição de vitrines digitais de mais de 300 marcas como Dove, Omo, Campari, Absolut, Oral B, entre outras.
10. Juliana Vital, Chief Revenue Officer na Nubimetrics no Brasil
Juliana Vital, mulher, LGBT+,  conquistou o posto de Global Chief Revenue Officer na Nubimetrics, empresa argentina de sales intelligence que empodera sellers em marketplaces com dados de IA em busca de ajudá-los a melhorar seus resultados.
Publicitária, com pós-graduação em administração pela FGV, atua na área de tecnologia desde o início da carreira, que tem mais de 17 anos. É especialista em reposicionamento de produtos, diagnóstico de operações de empresas e reestruturação completa (da linha de produtos, receitas, processos e estrutura) com foco em aumento de receita e eficiência. Antes de entrar para a equipe da Nubimetrics, Juliana também seguiu carreira executiva na Sprinklr/Scup, Voopter e Cortex.
11. Alline Goulart, Diretora de Operações e sócia da Semente Negócios
Alline Goulart, da Semente Negócios, a profissional apoia a organização no desenho e estruturação da estratégia de crescimento, auxilia as verticais em projetos de inovação social e pode contar sobre os desafios empreendedores para essa minoria.
Em 2022, o foco da startup é nos projetos de diversidade. Entre os programas estão o Programa Sebrae Delas Mulher de Negócios, Mulheres do Nosso Bairro e Cidade por Elas, os três são idealizados pelo Sebrae Santa Catarina e têm execução metodológica e gestão da Semente. Os programas tem objetivo de apoiar e aumentar a capacidade de sucesso de negócios liderados por mulheres, principalmente na superação dos impactos causados pela pandemia da Covid-19, por meio de uma educação empreendedora.
12. Jéssica Muniz, Sócia e Head de Operações da BossaBox
A BossaBox é a primeira empresa a operar por squad-as-a-service no Brasil, e Jéssica se juntou à sociedade recentemente. Formada em Administração de Empresas pela FGV com passagem pela universidade HEC Paris, uma das mais importantes escolas de administração do país. Atualmente, a profissional ajudou a consolidar a estratégia de crescimento até chegar na liderança de operação, como Head of Operations. Com experiência nas áreas de consultoria, financeiro e indústria de consumo e serviços, Muniz espera apoiar o progresso da startup e aumentar o impacto que a BossaBox tem na experiência dos clientes. Além disso, o seu objetivo à frente da startup é também buscar ainda mais mulheres para o ramo da tecnologia, e do produto, especificamente.
13. Priscilla Erthal, sócia e co-fundadora da Organica
Publicitária e um dos grandes nomes do varejo online, Priscilla teve sua marca sempre diretamente associada a duas coisas: primeiro, ao crescimento exponencial das empresas pelas quais passou, inclusive como conselheira.
Segundo, aos trabalhos desenvolvidos nas áreas de e-commerce, marketing digital e varejo. Atuando na área digital desde a época de estudante universitária, acumulou experiências ao trabalhar em grandes empresas como Hotel Urbano, Netshoes e B2W.
Foi eleita a melhor profissional da categoria Varejo em 2014, pelo E-commerce Brasil. Atualmente, é também professora do MBA de Marketing, Branding e Growth da PUCRS, professora convidada da pós-graduação da FGV e mentora Endeavor.
Com o propósito de contribuir com companhias que estão em busca de avanço exponencial e sustentável, Pricilla foi contagiada pela ideia de empreender. Foi assim que se tornou sócia e co-fundadora da Organica.
14. Helena Prado, chairwoman e sócia fundadora da PinePR
Helena Prado é mãe da Alice, de 5 anos, Chairwoman e sócia fundadora da PinePR, agência de PR especializada no atendimento de scale-ups e empresas de tecnologia e inovação com atuação dentro e fora do Brasil. Com MBA Executivo pela FIA, acumula mais de 15 anos de experiência na área de comunicação corporativa para empresas internacionais, multinacionais e locais em segmentos como tecnologia, entretenimento, negócios, política e varejo. Atualmente lidera o time de comunicação externa e marca da EY. Em 2018, pela FIA, fez parte do primeiro time brasileiro a conquistar o terceiro lugar na maior competição de Business Cases do mundo, no Canadá.
Além de representar o empreendedorismo feminino no mercado, Helena também apoia a iniciativa dentro da empresa, com um time majoritariamente feminino e 75% dos cargos de liderança ocupados por mulheres, e fora, por meio do apoio ao ecossistema do empreendedorismo feminino através de parcerias de longa data com clientes como B2Mammy e Vittude.
15. Lívia Brandini, CEO e Fundadora da Kultua
Empreendedora apaixonada por Transformação Cultural, Gestão de Mudança, Inovação e Alta Performance, Lívia Brandini é Consultora Sênior em Gestão de Mudança, Pessoas & Cultura, Founder Institute Graduate & Mentora, CEO e fundadora e CEO da Kultua, peopletech especialista em diagnósticos de cultura personalizados, gestão de rituais e People Analytics.
Formada em engenharia mecânica pela Universidade de Brasília (UnB), com MBA em Gestão de Negócios pela Universidade de São Paulo (USP), ela é entusiasta da tecnologia nos processos de transformação empresarial, tem mais de 8 anos de experiência em gerenciamento de projetos e consultoria lean no segmento de serviços industriais diversificados em multinacionais alemãs, como ThyssenKrupp e KAEFER.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão