Thumbnail

Os executivos devem ver a sua marca pessoal como uma narrativa tecida em todos os aspectos da sua jornada profissional.

Instituto Connect

Instituto Connect

Espaço que dá voz aos executivos do Instituto Connect para compartilhar sua expertise, visão crítica e principalmente inteligência coletiva de temas ligado à liderança, transformação digital e inovação.

Personal branding

Elevando a excelência executiva: o imperativo do reforço da marca pessoal

06/10/2023 11:49
No cenário dinâmico do mundo executivo, no qual a concorrência é feroz e as primeiras impressões são muitas vezes duradouras, a necessidade dos executivos cultivarem e reforçarem meticulosamente a sua marca pessoal nunca foi tão crítica. Como diz Jeff Bezos de forma sucinta: “Sua marca é o que as pessoas dizem sobre você quando você não está na sala”. Num domínio no qual a reputação pode fazer ou destruir carreiras, os executivos devem gerir proativamente a sua marca pessoal para navegar pelas complexidades do sucesso profissional.
Os executivos devem ver a sua marca pessoal como uma narrativa tecida em todos os aspectos da sua jornada profissional. Desde perfis do LinkedIn até palestras públicas, cada ponto de contato contribui para o desenrolar da história de sua marca.

Dicas para reforço da marca pessoal

Autenticidade é a chave
Os executivos devem alinhar a sua marca pessoal com os seus valores e pontos fortes genuínos. A autenticidade gera confiança, e um líder confiável é aquele que pode influenciar e inspirar.
Presença online consistente
Na era digital, os executivos devem garantir uma presença online consistente e atraente, especialmente em plataformas como o LinkedIn. Um perfil bem elaborado no LinkedIn serve como um cartão de visita virtual, oferecendo um retrato das habilidades, conquistas e jornada profissional de um executivo.
Liderança inovadora
Os executivos devem envolver-se ativamente na liderança inovadora, partilhando ideias, participando em discussões do setor e apresentando os seus conhecimentos. Isto não só os estabelece como figuras de autoridade na sua área, mas também reforça a sua marca pessoal como sinônimo de conhecimento e inovação.
Construindo reputação
Embora a marca pessoal seja uma ferramenta poderosa, construir uma reputação envolve mais do que apenas autopromoção. Os executivos devem ser cautelosos para não priorizar o estilo em detrimento da substância. Uma marca construída com base em realizações genuínas, liderança ética e impacto positivo nas equipes e organizações é mais sustentável no longo prazo.
Impactos no mundo executivo
Uma marca pessoal robusta pode ter efeitos profundos na trajetória de carreira de um executivo. Estudos mostram que executivos com uma marca pessoal forte têm maior probabilidade de atrair oportunidades, parcerias e reconhecimento do setor. Segundo pesquisa do LinkedIn, executivos com perfis completos têm 40 vezes mais chances de receber oportunidades.
Paralelo ao LinkedIn e à expansão do ecossistema
O LinkedIn, muitas vezes aclamado como a rede social profissional, desempenha um papel fundamental no reforço da marca pessoal. Os executivos devem aproveitar esta plataforma atualizando regularmente os seus perfis, partilhando conteúdos significativos e participando ativamente em discussões relevantes.
Endossos e recomendações no LinkedIn servem como testemunhos das habilidades de um executivo e contribuem ainda mais para a credibilidade da marca. Além disso, a construção de uma marca pessoal vai além dos esforços individuais; envolve a criação de redes e a expansão de ecossistemas.
Uma rede profissional robusta, tanto online quanto offline, aumenta a visibilidade e a credibilidade de um executivo. De acordo com a Harvard Business Review, os executivos que investem ativamente na construção de redes profissionais fortes têm maior probabilidade de alcançar sucesso e satisfação na carreira.
Contudo, a necessidade de os executivos reforçarem a sua marca pessoal não pode ser exagerada. Num cenário competitivo, no qual a percepção é realidade, o cultivo cuidadoso de uma marca pessoal é um investimento estratégico no sucesso profissional a longo prazo. Como Warren Buffett observa sabiamente: “São necessários 20 anos para construir uma reputação e cinco minutos para arruiná-la”. Os executivos devem reconhecer o poder da sua marca pessoal e moldá-la ativamente para refletir a excelência que trazem ao mundo executivo.

Thought Leader! Já ouviu falar?

Aqui se inicia uma provocação da Carolina Dostal sobre construção de reputação.
Você sabe qual é a diferença entre um Líder e um "Thought Leader"? Um especialista em uma matéria e um influenciador?
“Bom, eu me considero uma pessoa especialista em uma matéria, o LinkedIn. Tudo o que sai de novidade nessa ferramenta eu procuro saber primeiro, e para isso eu estudo e pesquiso bastante. Mas isso não quer dizer, necessariamente, que eu seja uma influenciadora, afinal, eu não tenho milhões de seguidores no LinkedIn. Talvez eu seja uma nano/micro influenciadora, pois hoje em dia eu possuo cerca de mais de 38 mil seguidores. E, o que isso tem a ver com "Thought Leader"? Eu já vou explicar.
"'Thought Leader' é uma pessoa que tem opinião em algum assunto, mas geralmente começa como Expert, assim como eu. Ele conhece muito de um determinado assunto, matéria ou mercado, e passa a dar opinião, que é sempre voltada para algo inovador. Essa pessoa aborda um tema de um jeito que ninguém colocou antes.
"Sabendo disso, qual é a vantagem das empresas em ter um 'Thought Leader'?
1º - As empresas que têm um 'Thought Leader' geralmente são vistas como empresas vanguardistas, que possuem as melhores pessoas, são mais confiáveis e passam credibilidade;
2º - Esses 'Thought Leaders', na maioria das vezes, são humanizados, pois quando eles estão colocando suas opiniões pessoais sobre um determinado setor ou segmento, eles mostram que possuem uma cabeça pensante, e que ela é forte dentro da empresa, é ouvida e não é só uma marca da empresa que está por trás. Mostra que a marca é feita de pessoas que são valorizadas naquele contexto.
"Então, quais são as características dos Thought Leaders?
· Abordam os temas com profundidade;
· Sabem construir sua marca profissional e pessoal de forma estratégica;
· São visíveis para seus seguidores e comunidades;
· Estão focados na cultura do compartilhamento;
· Se comunicam com as pessoas e interagem generosamente com seus seguidores;
· Procuram sempre educar e aprimorar seu público;
· Ultrapassam os limites das suas áreas de especialização;
· Conseguem impactar o mundo e promover mudanças.
"Se você deseja ser um líder inspirador, você tem que ir além de compartilhar conteúdo. Você precisa expor seus pensamentos, buscar autenticidade no seu tema e na maneira de falar", conta Carolina.
Ser um Thought Leader é impactar por meio do seu conhecimento, causar mudança e trazer uma abordagem própria sobre determinado assunto. E para democratizar essa discussão, o Instituto Connect estará promovendo um encontro com Carolina Dostal, Top Influencer no LinkedIn e que atua com mentoria de reposicionamento de marca pessoal. Será online, no dia 10 de outubro e as inscrições podem ser realizadas no site.
A Confraria de Executivos, promovida pelo Instituto Connect, é um espaço para conexão de executivos de vários segmentos, estados e países. Trata-se de uma comunidade de aprendizagens, conexões e experience como board advisor, peer coaching etc. Para ingressar ou estar por dentro dos próximos encontros acesse o site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão