Thumbnail

Brasil representou 54% do volume captado. Crédito: Freepik.

Investimentos

Startups da América Latina captaram US$ 5,75 bilhões em 2023 segundo relatório da Sling Hub

GazzConecta
27/02/2024 12:08
A Sling Hub, plataforma de dados de inovação da América Latina, divulgou o relatório de 2023 do ecossistema de startups na região. Na América Latina, foram captados US$ 5,75 bilhões em 885 rodadas, com o Brasil representando 54% deste volume.
O país movimentou US$ 3,1 bilhões em 491 rodadas - uma queda de 42% no ano a ano tanto em volume quanto em número de rodadas, a menor entre os países da região. A Argentina apresentou uma queda de 82%, enquanto a Colômbia caiu 61%, seguida pelo Chile (58%) e México (56%).
Das 885 rodadas, 795 foram de equity, das quais 56% (447) foram no Brasil. A captação em rodadas de equity foi de US$ 3,42 bilhões na América Latina e de US$ 1,96 bilhões no Brasil, e o volume médio das rodadas tanto na região quanto no país foi de US$ 1 milhão. O estágio mais comum nas rodadas de equity foi o seed, com 228 rodadas, enquanto a série B foi a que mais captou, com US$ 680 milhões.
Quase metade (46%) das rodadas latino-americanas captaram menos de US$ 1 milhão, enquanto apenas 3% passaram de US$ 50 milhões. Os aportes acima deste número tiveram entre seus principais investidores Monashees (4 rodadas); BTG Pactual, Citi Ventures e DST Global, com 3 rodadas cada. As corporações estiveram envolvidas em 74 rodadas, uma queda de 49% no comparativo com 2022, e totalizaram US$ 1,31 bilhão, uma redução de 63% no ano a ano.
Além disso, 450 startups latino-americanas levantaram capital pela primeira vez, totalizando US$ 1,04 bilhão (queda de 56% frente a 2022). No Brasil, 252 startups captaram pela primeira vez, uma queda de 46%. Já o número de investidores que aportaram pela primeira vez em 2023 foi de 367 na América Latina e 180 no Brasil. Foram 29 acordos de fusão em 2023 (+26%) e 184 aquisições (-36%), 213 no total, superando o número pré-pandêmico de 93 M&As em 2019.

Fintechs e biotechs em destaque

O setor de fintech continuou em destaque em 2023 - apesar da queda de 42% no ano a ano. As fintechs lideraram na América Latina com 54% do volume total e apareceram em oito das dez maiores rodadas do ano. O único setor a apresentar crescimento de volume na comparação com 2022, no entanto, foi o de biotech, que cresceu 607% no geral e 561% nas rodadas de equity na América Latina.
A biotech brasileira SUPERBAC ainda foi responsável por captar a maior rodada para uma startup do setor, no valor de US$ 62,6 milhões. Do lado das fintechs, a rodada de fundos de recebíveis da Meu Tudo marcou a maior desse tipo de investimento na região. As principais rodadas de early stage foram no Brasil, México e Colômbia.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão