Thumbnail

Marketing de Conteúdo

O único texto que você precisa ler para entender sobre personas de uma vez por todas

Content Driven
Content Driven
09/03/2024 10:30
Sempre quando falamos em marketing, termos como persona e público-alvo surgem à tona.
Isso se dá pela relevância de ambos. Afinal, sem eles uma boa estratégia de marketing está fadada ao fracasso.
Criamos este conteúdo para ser o seu guia nessa jornada e te mostrar, de uma vez por todas, qual a diferença entre eles e o porquê você deveria ter uma persona bem estruturada para sua empresa. 
Acompanhe a leitura! 

Afinal, o que é persona?

Uma persona é a representação semi fictícia do cliente ideal de uma empresa. 
Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos clientes, assim como na compreensão das suas necessidades e motivações. 
Vale ressaltar que só é possível ter essa riqueza de detalhes, graças às informações coletadas de um público-alvo. Ou seja, não existe persona sem antes ter a definição clara do público que se quer atingir. 
Criar personas é uma prática comum no marketing para orientar estratégias e ações, permitindo que as empresas compreendam melhor para quem estão direcionando seus produtos ou serviços. 
Com uma persona bem definida, é possível criar mensagens de marketing mais direcionadas, escolher os canais de comunicação adequados e desenvolver produtos ou serviços alinhados com as expectativas dos futuros clientes. Isso resulta em campanhas mais eficazes, melhorando a relevância e a eficiência das ações de marketing. 
Em resumo, as personas são guias valiosos para garantir que as estratégias de negócios estejam alinhadas com as necessidades reais dos clientes.

Qual a diferença entre persona e público-alvo?

O público-alvo é um grupo mais amplo de pessoas que têm características semelhantes e que a empresa deseja alcançar com suas estratégias de marketing. Geralmente, é definido com base em critérios demográficos, geográficos, comportamentais, entre outros.
A persona, por outro lado, é uma representação fictícia e detalhada do cliente ideal. Ela vai além das características demográficas e inclui aspectos psicográficos, comportamentais e histórias pessoais. 
A persona é mais específica e humanizada, ajudando a compreender melhor as necessidades e desafios do cliente.
No fim, enquanto o público-alvo é um grupo mais amplo e generalizado, a persona é uma representação mais detalhada e específica de um cliente ideal. 
Ambos são importantes para direcionar estratégias de marketing, mas a persona oferece uma compreensão mais profunda e personalizada.
Veja abaixo um exemplo prático de cada uma dessas terminologias:
Exemplo de Público-Alvo
Público-Alvo para uma Loja de Roupas Femininas
  • Mulheres, entre 18 e 35 anos
  • Residentes em áreas urbanas
  • Interessadas em moda e tendências
  • Renda média a alta
Exemplo de Persona
Persona para a Mesma Loja de Roupas Femininas
  • Nome: Marina
  • Idade: 28 anos
  • Profissão: Designer de Interiores
  • Interesses: Moda sustentável e exclusiva
  • Desafios: Busca roupas versáteis para o trabalho e eventos sociais
  • Estilo de Vida: Ativa nas redes sociais, procura marcas alinhadas aos seus valores
Enquanto o público-alvo oferece informações mais generalizadas sobre a audiência, a persona (Marina) fornece detalhes específicos sobre uma cliente ideal, tornando a abordagem de marketing mais personalizada e eficaz.

8 tipos de persona para você se inspirar

Você sabia que existem muitos tipos de personas? Separamos os 8 principais deles abaixo. 
  1. Buyer Persona
Representa o cliente ideal para a empresa, detalhando informações demográficas, comportamentais e psicográficas relevantes para a decisão de compra.
  1. Audience Persona
Foca o público-alvo geral da empresa, incluindo não apenas os compradores, mas também outros stakeholders e influenciadores.
  1. Brand Persona
Descreve a personalidade da marca como se fosse uma pessoa, destacando traços de caráter, valores e comportamentos que representam a identidade da marca.
  1. User Persona
Concentra-se nas características e necessidades dos usuários finais de um produto ou serviço, ajudando a orientar o design e a experiência do usuário.
  1. Negative Persona
Identifica características de clientes que não são adequados para a empresa, auxiliando na personalização de estratégias para evitar abordagens inadequadas.
  1. Customer Persona
Analisa os clientes atuais, destacando suas experiências, feedbacks e preferências para melhorar a retenção e a satisfação com o produto/serviço.
  1. Influencer Persona
Descreve indivíduos ou grupos que têm influência sobre a decisão de compra, destacando seus interesses e motivações.
  1. Lead Persona
Foca nos leads, representando características que tornam um lead mais propenso a se tornar um cliente.
Cada tipo de persona oferece insights valiosos para estratégias de marketing, vendas e desenvolvimento de produtos. Vale a pena testar cada um deles. 

20 vantagens de ter uma persona

Confira os principais benefícios de investir na criação da sua persona
  1. Entender melhor o público-alvo
Permite uma compreensão mais profunda das necessidades, desafios e comportamentos do seu público comprador.
  1. Definir o preço do produto
Ajuda a determinar a faixa de preço que estará mais alinhada com as expectativas e capacidade financeira da persona.
  1. Escolher canais de comunicação
Facilita a identificação dos canais preferidos da persona, otimizando estratégias de marketing e publicidade.
  1. Direcionar a linguagem de conteúdo
Permite adaptar a linguagem e o tom de comunicação para ser mais relevante e envolvente para a persona.
  1. Personalizar ofertas e promoções
Possibilita a criação de ofertas específicas que atendam às necessidades e preferências da persona.
  1. Aprimorar o desenvolvimento de produtos
Fornece insights valiosos para criar produtos que estejam alinhados com as expectativas e desejos da persona.
  1. Otimizar estratégias de marketing
Torna as campanhas mais eficazes ao direcionar mensagens para públicos mais segmentados.
  1. Melhorar a experiência do cliente
Contribui para oferecer uma experiência personalizada que responda diretamente às expectativas da persona.
  1. Aumentar a eficácia do funil de vendas
Ajuda a alinhar estratégias desde a geração de leads até o fechamento da venda.
  1. Reduzir o ciclo de vendas
Ao entender melhor as necessidades da persona, é possível acelerar o processo de tomada de decisão.
  1. Aprimorar a segmentação de mercado
Permite uma segmentação mais precisa, focalizando em grupos específicos dentro do mercado.
  1. Melhorar a análise de concorrência
Facilita a compreensão de como a marca se destaca em relação aos concorrentes, oferecendo vantagens competitivas.
  1. Aumentar a taxa de conversão
Ao personalizar abordagens, há maior probabilidade de os leads se converterem em clientes.
  1. Desenvolver conteúdo mais relevante
Facilita a criação de conteúdo que ressoa com as preocupações e interesses específicos da persona.
Ao longo deste material, falaremos sobre Marketing de Conteúdo, uma especialidade de empresas como a Content Driven, a qual desenvolve conteúdo relevante para os potenciais clientes de quem os contrata. 
Saiba mais do negócio ao conversar com a equipe comercial
  1. Refinar estratégias de SEO
Ajuda a otimizar o conteúdo para palavras-chave relevantes para a persona, melhorando o ranking nos motores de busca.
  1. Focar em benefícios específicos
Destaca os benefícios do produto ou serviço que são mais valorizados pela persona.
  1. Minimizar esforços desperdiçados
Evita gastos desnecessários em estratégias que não são relevantes para a persona.
  1. Facilitar a tomada de decisão
Fornece dados concretos que simplificam a escolha de estratégias e táticas de marketing.
  1. Estabelecer uma conexão emocional
Ajuda a construir uma conexão mais profunda, pois as mensagens são adaptadas às emoções e valores da persona.
  1. Garantir um ROI mais alto
Ao personalizar abordagens, há maior probabilidade de alcançar um retorno mais significativo sobre o investimento feito em marketing.

Como criar uma persona?

Criar personas de modo prático envolve algumas etapas fundamentais. Na sequência, está um guia simples para te ajudar nessa tarefa. Veja:

Pesquisa de Mercado

Coleta de dados demográficos, comportamentais e psicográficos do público-alvo. Isso pode incluir idade, gênero, localização, interesses, desafios e hábitos de compra.

Entrevistas e Pesquisas

Conduza entrevistas com clientes existentes, se possível. Realize pesquisas para obter insights diretos sobre suas necessidades e experiências.

Análise de Dados Existentes

Utilize dados de clientes existentes, se disponíveis, como análises de redes sociais, ferramentas de análise de website e feedbacks de clientes.

Segmentação de Audiência

Agrupe o público-alvo em segmentos distintos com base em características semelhantes. Cada segmento pode se tornar uma persona.

Criação de Perfis

Elabore perfis fictícios que representem cada persona. Dê a cada persona um nome, imagem e detalhes específicos que a diferenciem.

Definição de Objetivos e Desafios

Identifique os objetivos e desafios específicos de cada persona. Isso ajuda a adaptar melhor as estratégias de marketing.

Mapeamento da Jornada do Cliente

Entenda como cada persona interage com sua marca ao longo do tempo. Mapeie a jornada do cliente para adaptar estratégias em diferentes pontos de contato.

Validação com Stakeholders

Compartilhe as personas criadas com as equipes relevantes e valide-as com stakeholders para garantir precisão e relevância.

Iteração Contínua

As personas não são estáticas. Esteja preparado para ajustá-las conforme novos dados e feedbacks surgirem.

Utilização de Ferramentas Específicas

Considere o uso de ferramentas online específicas para criar personas, como geradores de personas, que podem simplificar o processo.
Lembre-se: o objetivo é criar representações realistas e úteis do seu público-alvo para garantir dados para suas estratégias de marketing de maneira mais eficaz.

Estratégias de marketing alinhadas a persona

Criar estratégias de marketing eficientes para a persona envolvem considerar os seguintes passos:
  • Compreensão Profunda da Persona: utilize as personas criadas para entender os desafios, necessidades e comportamentos específicos do público-alvo.
  • Definição de Objetivos Claros: estabeleça metas específicas alinhadas aos interesses e necessidades da persona. Isso pode incluir aumento de reconhecimento de marca, geração de leads ou conversões.
  • Personalização da Mensagem: adapte a mensagem de marketing de acordo com os detalhes e características únicas de cada persona.
  • Canais de Comunicação Adequados: identifique os canais preferidos da persona. Isso pode incluir redes sociais, e-mail marketing, blogs ou outros meios específicos.
  • Estratégia de Marketing de Conteúdo: crie conteúdo valioso e relevante que resolva os problemas da persona, demonstre expertise e atraia sua atenção.
  • SEO Alinhado às Necessidades da Persona: otimize o conteúdo para motores de busca, considerando as palavras-chave relevantes para os interesses e perguntas da persona.
  • Campanhas Segmentadas: crie campanhas publicitárias específicas para diferentes personas, garantindo que a mensagem seja direcionada e atraente para cada grupo.
  • Engajamento nas Redes Sociais: esteja ativo nas plataformas sociais preferidas da persona. Compartilhe conteúdo, responda perguntas e participe de conversas relevantes.
  • Acompanhamento de Métricas: monitore métricas específicas para cada persona. Isso pode incluir taxas de conversão, engajamento nas redes sociais e crescimento da base de leads.
  • Feedback Contínuo: esteja aberto ao feedback da persona. Analise dados, pesquisas e interações para ajustar suas estratégias conforme necessário.
Ao centrar suas estratégias de marketing na persona e investir em marketing de conteúdo - criação de conteúdo relevante - você cria uma abordagem mais autêntica e personalizada, aumentando a probabilidade de sucesso e fidelização do público-alvo.

9 estratégias de marketing para colocar isso em prática

Veja quais são as 9 estratégias de marketing para pôr sua persona em prática.
  1. Marketing de Conteúdo 
Criar conteúdo relevante e personalizado que atenda às necessidades específicas da persona, como blogs, vídeos, e-books.
Nesse caso, o blog é o mais utilizado e que traz mais retorno sobre o investimento. Por isso, a Content Driven é especialista nessa plataforma. 
Afinal, no longo prazo, os clientes da empresa pagam cada vez menos por novos clientes, que entram no funil de vendas de forma orgânica. 
Descubra como essa estratégia pode ajudar o seu negócio também. Clique aqui.
  1. Redes Sociais Segmentadas
Utilizar plataformas de redes sociais onde a persona está presente, segmentando anúncios e conteúdo para atingir o público-alvo de forma mais eficaz.
  1. E-mail Marketing Personalizado
Enviar newsletters e campanhas de e-mail personalizadas, oferecendo conteúdo exclusivo, promoções ou informações relevantes com base nos interesses da persona.
  1. SEO Estratégico
Otimizar o conteúdo para mecanismos de busca, garantindo que a persona possa encontrar facilmente informações relevantes quando pesquisar algo online.
  1. Webinars e Eventos Online
Organizar webinars ou eventos online direcionados aos interesses da persona, promovendo engajamento e interação direta.
  1. Influenciadores Digitais
Colaborar com influenciadores digitais que tenham audiência alinhada à persona, aumentando a credibilidade da marca.
  1. Chatbots Personalizados
Implementar chatbots nos canais online para fornecer suporte personalizado, responder a dúvidas e orientar a persona durante a jornada do cliente.
  1. Remarketing
Utilizar estratégias de remarketing para reengajar a persona que visitou o site, exibindo anúncios relevantes em outros sites que ela visita.
  1. Aplicativos Personalizados
Desenvolver aplicativos móveis personalizados que ofereçam uma experiência adaptada aos interesses e necessidades da persona.
Essas estratégias são fundamentais para criar uma presença digital eficaz e personalizada, maximizando o impacto das ações de marketing na persona específica.

5 exemplos de personas para você se inspirar

De quebra, ainda separamos alguns modelos fictícios de personas para você se inspirar quando for criar a sua. 

Persona para Empresa de Tecnologia Educacional (EdTech)

  • Nome: Marcela Professora
  • Idade: 32 anos
  • Profissão: Professora do Ensino Fundamental II
  • Desafios: Incorporar tecnologias inovadoras na sala de aula, engajar alunos com ferramentas digitais e encontrar recursos educacionais alinhados às diretrizes curriculares.

Persona para Loja Online de Produtos Sustentáveis

  • Nome: Gabriel Eco Consciente
  • Idade: 28 anos
  • Profissão: Designer Gráfico Freelancer
  • Interesses: Sustentabilidade, produtos eco-friendly, estilo de vida saudável, consumo consciente.

Persona para Consultoria de Desenvolvimento Pessoal e Profissional

  • Nome: Ana Carreira
  • Idade: 40 anos
  • Profissão: Gerente de Recursos Humanos
  • Objetivos: Aperfeiçoar habilidades de liderança, encontrar equilíbrio entre vida profissional/pessoal e buscar desenvolvimento contínuo.

Persona para Empresa de Viagens de Aventura

  • Nome: Rafael Aventureiro
  • Idade: 35 anos
  • Profissão: Empresário
  • Paixões: Esportes radicais, exploração, natureza, viagens off-road.

Persona para Marca de Moda Sustentável

  • Nome: Isabella Consciente
  • Idade: 27 anos
  • Profissão: Profissional de Marketing Digital
  • Preocupações: Moda ética, sustentabilidade, consumo com propósito e materiais recicláveis.
Essas personas representam diferentes segmentos de mercado, cada uma com suas características únicas, desafios e interesses específicos.
Agora é só se inspirar e criar a sua persona alinhada ao seu modelo de negócio.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão