Thumbnail

Os dados confirmaram a IA como a grande tendência em tecnologia do momento, independentemente do tamanho da empresa. Créditos: Canva.

Inteligência artificial

IA já é parte do dia a dia de 74% das MPMEs brasileiras

GazzConecta
08/03/2024 15:29
Líderes de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) de diversos setores da economia passaram a olhar com mais atenção para tecnologias de inteligência artificial (IA) no último ano, revela estudo encomendado pela Microsoft para a Edelman Comunicação. O levantamento traça um panorama de como as MPMEs estão vivendo as transformações digitais e qual papel a IA está desempenhando em seus negócios. 74% das entrevistadas afirmaram que estão usando a IA sempre ou muitas vezes, sendo que 90% delas busca adotar essa tecnologia atualmente.
O levantamento anual está em sua 4ª edição e lançou este ano um olhar para IA, buscando tendências, desafios e oportunidades desse universo em evolução. Os dados confirmaram a inteligência como a grande tendência em tecnologia do momento, independentemente do tamanho da empresa. No geral, as MPMEs estão progredindo bastante em seu no uso - 59% disseram que avançaram na adoção da tecnologia, proporção que é maior em empresas do ramo de tecnologia, como as de telecomunicações, que se destacaram neste indicador com 85% respondendo que progrediram "bastante” ou “muito” na adoção de IA.
Quando a comparação é entre as empresas que são “nativas digitais” e “não nativas digitais”, o progresso na adoção de IA é ainda maior, 84% das nativas digitais afirmaram que já estão usando a tecnologia. Nesta comparação, 78% dos líderes das empresas nativas digitais disseram que têm a inteligência artificial como prioridade na empresa, contra 53% das não nativas digitais.
A pesquisa de 2023, chamada IA em micro, pequenas e médias empresas: tendências, desafios e oportunidades”, realizou 300 entrevistas online, por meio do site Offerwise, com autodeclarados líderes de MPMEs em dezembro de 2023, sendo 38% com cargos de donos(as) ou sócios(as) da empresa, 34% gerentes, 16% diretores e 12% vice-presidentes (12%). A área de trabalho do respondente é variada, prevalecendo Administração (25%) e Tecnologia e Comunicações (20%). A maioria são mulheres (53%) e correspondem principalmente à faixa entre 25 e 44 anos de idade. São Paulo se destaca como o Estado onde há a maior concentração de centros de operação com 99 respostas, seguido por Rio de Janeiro, com 40, Minas Gerais (27), Bahia (22) e Paraná (18).

Investimentos em inteligência

Em relação aos investimentos, 47% das empresas disseram que estão investindo em IA, em 2022 essa porcentagem era de apenas 27%. Em 2023, a inteligência artificial perdeu apenas para as tecnologias de armazenamento de nuvem, que recebeu investimento de 56% das MPMEs, contra 45% do ano anterior. “Para que as empresas possam aproveitar os benefícios da IA, é necessário que suas aplicações estejam na nuvem, como mostram os dados na priorização desses investimentos.
Além disso, ainda que algumas empresas já usassem IA, a tecnologia estava aplicada para questões específicas, como atendimento ao cliente, por exemplo. Agora, com a IA generativa, e o lançamento do Copilot solução de IA generativa focada em liberar a criatividade, desbloquear a produtividade e aprimorar as habilidades das pessoas, que está presente nos aplicativos do Microsoft 365 como Teams, Outlook, Word , existe um leque de novas oportunidades para otimização, apoio à produtividade e criatividade que podem ser exploradas pelas organizações.”, afirma a executiva da Microsoft Brasil.
O Copilot é o aplicativo da Microsoft que usa IA generativa e modelos de linguagem ampla (LLM) para ajudar os usuários no desempenho de tarefas complexas como: desenvolver um texto, criar apresentações e resumir caixa de entrada de e-mails e reuniões. A solução está disponível para as principais produtos e serviços Microsoft.
Além de IA e Nuvem, entre 2022 e 2023, algumas prioridades de investimento mudaram para as MPMEs, 47% das empresas disseram estar investindo em hardwares (notebooks e outros periféricos), contra 53% no ano anterior. Já em relação aos softwares de colaboração virtual, enquanto 34% declaravam estar dando atenção ao tema no ano anterior, em 2023, esta porcentagem subiu para 44%. As empresas também estão mais atentas à segurança cibernética, em 2022, 39% das empresas disseram investir em soluções nessa frente, em 2023, esse dado passou para 43%.
Em 2023 subiu para 74% o número de MPMEs que passaram a usar inteligência artificial, contra 61% no ano anterior.  Já entre os que, no momento, ainda não investem em IA, 19% disseram que pretendem começar investir em 2024. Segundo Andrea Cerqueira, esses dados mostram um o aumento da maturidade digital das MPMEs.

Onde e como as MPMEs aplicam IA

As principais motivações das empresas em investir em IA foram: melhorar a experiência do cliente (61%), ganho de eficiência, produtividade e agilidade (54%) e garantir a continuidade do negócio (46%). A maioria das empresas pesquisadas disseram usar IA como assistentes virtuais para atendimento ao cliente (69%). A segunda forma de aplicação mais comum da IA para empresas desse segmento, segundo a pesquisa, é como uma ferramenta para agilizar o trabalho (64%) e 43% já estão usando para gerar conteúdo de textos ou imagens.
Olhando para o futuro, além de atendimento ao cliente, 39% dos respondentes enxergam potencial da IA na área de TI; 30% nos times de Comunicação e Marketing; e 27% nos departamentos de Finanças e Administração. Outras áreas das empresas também foram citadas como: Vendas (27%), Recursos Humanos (25%), Operações e Produção (20%) e Jurídico (6%). Porém, já existem empresas com uma visão mais ampla da utilização da IA, as quais 16% disseram que já aplicam IA em todos os departamentos. Na contramão do mercado, há alguns líderes (4%) que disseram que não usam e não têm a intenção de usar a tecnologia.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro & Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão