Thumbnail

A edição paranaense do Climathon faz parte de um evento global e será realizada pelo Centro Universitário UniOpet em parceria com o Impact Hub no dia 28 de outubro em Curitiba.

Mudanças climáticas

Evento global, o Climathon de Curitiba está com inscrições abertas

GazzConecta
09/10/2023 12:19
O Climathon UniOpet 2023 está com inscrições abertas. A edição paranaense do evento global será realizada pelo Centro Universitário UniOpet em parceria com o Impact Hub no dia 28 de outubro. No Paraná, universitários e empreendedores estarão reunidos em um hackathon de 12 horas para fomentar localmente o combate às práticas que vêm provocando acentuadas mudanças climáticas no planeta. As inscrições podem ser realizadas pelo site até o dia do evento. As informações são do UniOpet.
Curitiba será a única cidade do estado a participar do Climathon, evento global que ocorre simultaneamente em todo o mundo, envolvendo mais de 30 mil participantes, com mil eventos realizados desde 2015. O programa faz parte do EIT Climate-KIC, comunidade de inovação e conhecimento para uma economia zero carbono.
O hackathon vai estimular os participantes a desenvolverem soluções de combate às mudanças climáticas em projetos que atendam às necessidades locais. Entre os parceiros confirmados estão O Boticário, Renault, Condor, Bosch e iCities, além do Vale do Pinhão.
O grupo que ficar em 1º lugar ganha um tablet para cada integrante, mentoria e visita técnica na Fiep, além de participar do Smart City Expo Curitiba 2024. O 2º lugar ganha uma Alexa cada um e o 3º lugar leva um kit de casa inteligente.
“As inscrições são individuais, mas os desafios serão em equipes de cinco pessoas. Alguns já se organizam para ir em equipe, outros poderão montar seus grupos na hora. Os participantes unem forças com outros empreendedores, estudantes e desenvolvedores com ideias semelhantes. A sociedade ganha ideias e soluções para as mudanças climáticas que podem se tornar negócios reais. Também haverá certificação de atividades complementares”, comenta Raphaella Caçapava, head do OpetLab, hub de inovação que acelera carreiras e integra ações do UniOpet com o mercado.
Durante o hackathon, as equipes irão criar soluções para a área industrial ou poder público, com auxílio dos mentores. “Também teremos pitchs ao longo do dia, para inspirar os participantes. Ao final do dia, haverá os pitchs simultaneamente de todos os grupos. As cinco melhores notas irão para o palco principal, com apresentação para todos os presentes, com premiação dos três melhores”, detalha.

Design centrado no ser humano

Até 28 de outubro, encontros e oficinas estão ensinando na prática a metodologia que será utilizada durante o hackathon: Human Centered Design (HCD) ou Design Centrado no Ser Humano. O HCD vai além da tendência na indústria do design.
“É uma abordagem que transforma a maneira como se criam produtos e serviços, colocando o usuário no centro do processo de design, garantindo que suas necessidades, desejos e experiências sejam a principal consideração desde o início. Antes de começarmos a criar algo, estudamos e entendemos profundamente as necessidades e os desafios dos usuários. Ao fazer isso, podemos desenvolver soluções que são verdadeiramente relevantes e eficazes”, explica Raphaella.
Ou seja, o HCD é uma abordagem que prioriza as pessoas em todo o processo de design. “A metodologia apresentada é uma das mais consagradas para gerar soluções empreendedoras para os principais problemas do mundo. Por esse motivo, escolhemos aplicar o HCD nos workshops gratuitos, para que a comunidade possa se apropriar desse conhecimento e aplicá-lo na prática, tanto no Climathon quanto em suas carreiras futuras", destaca o jornalista e professor Rulian Maftum, diretor do Impact Hub Curitiba que ministrou a oficina sobre a temática.

Agenda de encontros

Os encontros e oficinas do Climathon apresentam a metodologia HCD com desafios, de forma interativa e contextualizada. “Os participantes se dividem em grupos, fazem entrevistas entre si e testam a metodologia. É uma boa oportunidade para interação dos participantes, e para testarem uma metodologia nova, que coloca a necessidade humana em primeiro lugar na hora de se desenvolver uma solução. Além disso, é uma experiência muito produtiva com um método que pode ser aplicado em várias frentes", define Raphaella Caçapava.
Para se preparar para idear sobre os desafios da mudança climática em Curitiba, confira as datas da jornada do Climathon UniOpet 2023:
16 de outubro – Oficina 02/02 da metodologia Human Centered Design
18 de outubro – Talks Climathon UniOpet no Congresso Sesi ODS 2023
23 de outubro – Esquenta online Climathon UniOpet
28 de outubro – 12 horas de hackathon (Climathon UniOpet)

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão