Thumbnail

Segundo estudo do Facebook ao menos 23% dos brasileiros desejam empreender em 2022.

Levantamento Facebook IQ

Economizar e empreender estão entre as principais metas dos brasileiros em 2022

Millena Prado
Millena Prado
21/01/2022 12:00
Trocar de emprego, empreender e economizar. Segundo um novo estudo do Facebook, esses são os principais desejos dos brasileiros como metas de início de ano.
O estudo "Expectativas Econômicas para 2022" apresentou as tendências econômicas e de comportamento para o ano que se inicia, nas áreas de consumo, negócios e também uma lista dos principais desejos dos brasileiros.
Entre as top cinco prioridades estão economizar dinheiro (54%), ter uma alimentação mais saudável (50%), quitar as dívidas (46%), investir (44%) e fazer uma viagem (43%).
Para Fabrício Fudissaku, líder da área de insights do Facebook, atual Meta, a convergência de desejos ligados à área financeira é um reflexo da incerteza causada pela pandemia.
“Os desejos estão relacionados ao cenário de crise que estamos vivendo, como um efeito colateral o brasileiro acabou se tornando mais maduro financeiramente e busca mais informações sobre educação financeira”, explica Fabrício.
Ainda pensando em mudança de vida e saúde financeira, o estudo identificou que uma parcela da população espera que o ano traga uma virada na vida profissional. 27% dos entrevistados pretendem arrumar ou trocar de emprego, outros 23% planejam abrir um negócio. “Nesta conta de crescimento do empreendedorismo, temos todas as micro e pequenas empresas que fecharam durante a pandemia e desejam retomar as atividades”, descreve Fabrício.
Além disso, segundo o estudo, os consumidores devem dar vazão às demandas de compras que ficaram reprimidas dos últimos anos. Entre os principais desejos de consumo estão viajar (43%), estudar (39%), comprar um celular (33%), reformar a casa (27%) e comprar um carro ou moto (26%).
Para o executivo do Facebook, estas tendências podem inclusive gerar oportunidades e novos negócios ao mercado. “É importante olhar para o comportamento, pois ele se reflete na economia, que afeta todas as decisões que o consumidor vai fazer ao longo do ano”, destaca Fabrício.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão