Thumbnail

Unicórnio do crédito dá os primeiros passos em território dominado por pequenas empresas.

Tendência

Creditas entra no mercado automotivo e acende alerta para pequenos

Maria Clara Dias, especial para o GazzConecta
21/05/2021 17:31
A plataforma de crédito Creditas, uma das mais populares do Brasil, acaba de dar o seu primeiro passo em um mercado tão promissor quanto o dos empréstimos: o de compra e venda de automóveis.
Na última semana, a empresa anunciou a criação de um novo produto, o "Creditas Auto", focado na concessão de crédito para financiamento de veículos e também uma plataforma online integrado para a compra e venda de automóveis.
A proposta pode ser considerada disruptiva, principalmente em um mercado que ainda exige certa segurança e confiabilidade para o comprador.
A ideia é reunir, em uma única plataforma lojistas físicos e digitais e, assim, permitir que os consumidores possam tomar empréstimos e também escolher seu próximo veículo, tudo em um mesmo ambiente.
Em outra frente, o motorista também poderá anunciar o próprio carro 100% financiado para venda. A novidade complementa o ecossistema de veículos da fintech, que já conta com as opções de financiamento e de empréstimo com garantia.

Salário, Casa e Carro

De acordo com Fábio Zveibil, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Creditas, a decisão pelo lançamento partiu de uma estratégia que surgiu na última rodada Series D de captação, no ano passado, e da intenção da empresa em trabalhar em três pilares estratégicos para o cliente: salário, casa e carro.
A segurança, segundo a empresa, é a premissa básica da nova ferramenta. Todos os carros vendidos passam por inspeções e testes de qualidade.
Os clientes também têm garantia de um ano e até sete dias ou 300 km rodados como test drive.
Segundo Zveibil, a intenção central do Creditas Auto é promover a fidelização com os clientes.
"O objetivo aqui não é efetuar uma transação, mas sim estar próximo do cliente o tempo todo", diz Zveibil.Investimos muito em trazer novos clientes, mas é muito mais barato manter aqueles clientes que já temos, acompanhá-lo estar com ele durante toda a jornada”.
Segundo o executivo, hoje, mais de 50% dos pedidos de crédito são de clientes já mapeados pela fintech, sejam eles recorrentes ou que já simularam a tomada pela plataforma.

Alerta aceso para os pequenos

Em 2020, a pandemia freou a produção de novos veículos em mais de 31%, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).
Como consequência, a venda de usados disparou e, em 2021, os números de vendas já superam os volumes registrados nos primeiros meses do ano passado.
Fato é que, com um mercado cada vez mais disputado como o das vendas de seminovos, o novo produto da fintech pode servir de sinal amarelo para outras pequenas do setor.
O investimento para a nova ferramenta da Creditas ficou na casa dos R$ 50 milhões, o que inclui a compra do estoque inicial de carros, contratação da equipe e a estruturação de uma oficina mecânica em Barueri, em São Paulo.
Galpão da Creditas Auto em Barueri-SP (Divulgação)
Galpão da Creditas Auto em Barueri-SP (Divulgação)
O bom caixa muito se deve ao fato da startup ter se tornado, nos últimos meses, um unicórnio (nome dado a startups com avaliação de mercado superior a US$ 1 bilhão).
Apesar da escalada no número de empresas com o mesmo título, um montante investido como esse dá certa vantagem a Creditas diante de outras pequenas empresas mais tradicionais do setor automotivo.
Em uma comparação direta, o Creditas Auto vem para competir com WebMotors, iCarros e InstaCarro — todas plataformas de compra e venda de seminovos —, sendo a WebMotors a atual líder do segmento.

Diferencial

Diferente de todas as citadas acima, a Creditas oferece um serviço adicional, que vai além da avaliação da situação atual do veículo. Os vendedores também têm acesso a reparos mecânicos em um espaço exclusivo para manutenções, reparos, funilaria e pintura com mais de 30 mil metros quadrados.
Neste espaço, os carros também serão expostos, numa espécie de showroom.
Em outra ponta, o Creditas Auto também tem uma versão “Pro”, voltada a lojistas que oferecem ou que gostariam de oferecer o financiamento de veículos da Creditas aos seus clientes. O objetivo é também criar uma plataforma online de vendas para cada um desses lojistas e concessionários.
Essa é uma proposta similar à da startup AutoForce, do Rio Grande do Norte. A solução da AutoForce é voltada a redes de concessionárias, com uma ferramenta de marketing para venda de carros novos e usados através de um software.
A startup nordestina pretende lançar, nos próximos meses, uma ferramenta de e-commerce capaz de incorporar todo o processo, desde a escolha do veículo até a assinatura do contrato — de maneira 100% online. A empresa entra na lista das companhias que, a partir de agora, competirão diretamente com a Creditas.

De olho nas tendências

A indústria automotiva está sob constante evolução. Com uma realidade que inclui agora carros elétricos, a mudança no conceito de mobilidade urbana e a substituição de veículos próprios por carros de assinatura e aluguel, a Creditas deixa em seu radar possíveis tendências para o futuro.
A intenção é aproveitar o momento e estar sempre em dia com as principais movimentações do mercado, segundo Zveibil.
“Nossa intenção é sempre lançar projetos pilotos. Queremos oferecer o que o cliente quer e estaremos dispostos a ouvir. Agora é no mercado de compra e venda, mas amanhã pode ser algo a mais”.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão