Thumbnail

Investimentos

Recorde: startups brasileiras já receberam US$ 2,3 bi em 2021

Lonardo Müller
05/05/2021 18:04
Em quadrimestre com recorde histórico, as startups brasileiras comemoram a marca de US$ 2,35 bilhões recebidos em aportes durante os quatro primeiros meses de 2021. O valor é um salto positivo importante para o ecossistema de inovação do país e já representa 66% do total de aportes registados em 2020.
Esses dados foram revelados pelo Distrito Dataminer, braço
de inteligência da plataforma de inovação aberta Distrito, no Venture Capital
Report.
O destaque do período vai para a corretora de investimentos digital Warren, que arrecadou US$ 52,3 milhões por meio de um Series C. Puxado por ela, o grupo das Fintechs teve o melhor desempenho de janeiro a abril deste ano, totalizando US$ 731 milhões. Proptechs (US$ 526 M), Retailtech (US$ 507 M), Edtechs (US$ 222,5 M) e Supply Chain (US$ 215,6 M) completam a lista do reporte do Distrito Dataminer.
2021 ainda está no seu primeiro terço, mas já tem 66% de todo o valor de aportes a startups brasileiras no ano passado (imagem: Distrito Dataminer)
2021 ainda está no seu primeiro terço, mas já tem 66% de todo o valor de aportes a startups brasileiras no ano passado (imagem: Distrito Dataminer)
"Vínhamos discutindo como 2021 se provaria melhor do que o ano anterior, mas tem tudo para superar”, comentou Tiago Ávila, head do Distrito Dataminer, comunicado oficial.
Gustavo Gierun, managing partner do Distrito, também comentou o Venture Capital Report ressaltando a chegada de mais investimento estrangeiro em startups brasileiras. “Temos visto novos players entrando, tanto dentro de casa, como fundos de outros países chegando. A tendência é termos investidores mais diversificados e um mercado crescente".
Ao todo, o relatório rastreou 207 aportes diferentes feitos a startups brasileiras no período estudado, sendo 38 deles realizados apenas no mês de abril, totalizando US$ 348 milhões.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão