Thumbnail

Crianças assistidas pela Universidade Livre do Esporte (ULE), que terá projeto auxiliado pela Sou Solução. Crédito: Feelz Filmes.

Sou Solução

Com financiamento da Meta, jornalista curitibana lança plataforma que incentiva doações a projetos e organizações sociais

GazzConecta
23/11/2023 08:50
Foi lançada em Curitiba a Sou Solução, plataforma que promove a cultura de doação ao conectar quem deseja fazer a diferença a projetos e organizações que já estão gerando um impacto significativo na sociedade.
Idealizada pela jornalista Ana Flavia Silva, depois de receber um aporte da Meta e do International Center for Journalists (ICFJ), a Sou Solução vai apresentar as ideias criadas por pessoas de todo o país para transformar vidas.
Pessoas e empresas poderão transformar os sonhos em realidade fazendo doações a partir de R$ 5,00 diretamente na plataforma.
A Sou Solução é uma plataforma do Tudo Já Existe, portal que em maio de 2023 obteve um impulso significativo ao ser selecionado para o programa "Acelerando Negócios Digitais" organizado pela Meta, em parceria com o ICFJ.
Nele, Ana Flavia Silva conquistou um aporte de US$ 15 mil para desenvolver um projeto de sustentabilidade financeira. Com a inquietação de quem busca “ser a mudança que quer ver no mundo”, ela optou por desenvolver algo que pudesse beneficiar uma rede maior de pessoas.
Ana Flavia Silva. Crédito: Divulgação.
Ana Flavia Silva. Crédito: Divulgação.
Foi assim que nasceu a ideia de criar a Sou Solução como uma resposta concreta à necessidade de promover mudanças positivas no mundo. Em vez de apenas imaginar um mundo melhor, ela oferece uma maneira eficaz de torná-lo realidade. Ana Flavia usou o investimento recebido para financiar o desenvolvimento da plataforma, contratação de colaboradores, produção de conteúdo audiovisual sobre as primeiras organizações selecionadas e consultoria jurídica.
“Cada um de nós pode ser a boa notícia que queremos ver. A intenção é conectar as nossas forças para gerar transformação e mostrar que somos parte da mudança, somos a solução. Nós queremos mostrar que as doações, por menores que sejam, fazem uma grande diferença”, afirma Ana Flavia, em nota.

Primeiro café inclusivo do Paraná

Os dois primeiros beneficiados pela Sou Solução já foram selecionados. Um deles é a Universidade Livre do Esporte (ULE), de Curitiba, que tem trabalhado para apoiar famílias de crianças e adolescentes com deficiência física ou intelectual.
Como parte desse esforço, a organização planeja lançar o primeiro café inclusivo do Paraná, gerenciado exclusivamente por pessoas com autismo e síndrome de Down. Para isso, a ULE precisa arrecadar R$ 50 mil pela plataforma Sou Solução. A proposta é alcançar o valor até metade de dezembro, para que o projeto comece a sair do papel já no início do próximo ano.
O café será construído junto à sede da Universidade Livre do Esporte, no bairro Bom Retiro, Com espaço para atender entre 40 e 60 pessoas, a premissa é que seja um café-escola, em que tudo seja produzido e vendido no local.
“Vai ser um espaço diferente, afetivo, de muito aprendizado e geração de oportunidades. Tenho orgulho de dizer que vamos ofertar muita mão de obra qualificada para o mercado”, conta a diretora administrativa da ULE, Denise Mendonça Bueno, também em nota.

Pet hotel e clínica de reabilitação de cães

A segunda iniciativa selecionada para a estreia da Sou Solução tem a meta de transformar o Recanto Francisscão, espaço dedicado ao cuidado e resgate animal localizado em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.
A proposta é transformar o abrigo em um pet hotel e clínica de reabilitação de cães, para gerar recursos que devem ajudar a manter o trabalho de proteção.
“Desde que entrei aqui, percebi o enorme potencial desse lugar”, diz a voluntária Mariane Rodrigues de Carvalho. Estudante do último ano de Arquitetura, ela até já tem no papel um projeto estrutural para o novo Recanto Francisscão. “A gente precisa delimitar melhor os espaços e fazer adequações para caminhar em direção ao nosso sonho”, explica.
Muitos protetores resgatam animais, mas não têm onde deixá-los enquanto se recuperam para adoção. Abrir esse serviço não apenas ajuda os animais, mas também ajuda a custear as despesas da organização que depende, principalmente, de doações.
Atualmente, o Recanto Francisscão abriga 63 cães abandonados ou vítimas de maus-tratos. O projeto de revitalização inclui a instalação de uma sala veterinária, área de banho e tosa, setor de alimentação, campo de soltura e espaços para feiras e eventos. A meta de arrecadação também é de R$ 50 mil, até a metade de dezembro

Transparência e modelo de negócio

Cada história apresentada na plataforma é verificada e validada por uma equipe de jornalistas, garantindo que os doadores possam contribuir com confiança, sabendo que estão fazendo a diferença de maneira mensurável.
A equipe também acompanha os beneficiários para mostrar como os recursos são aplicados. As histórias e os resultados ficam disponíveis no site e no portal Tudo Já Existe. Além disso, a plataforma divulgará, semestralmente, um balanço detalhado de todas as arrecadações e doações, oferecendo uma visão completa do impacto gerado.
Para manter essa operação, a Sou Solução manterá uma taxa de 10% sobre os recursos arrecadados, como parte dos contratos assinados com os beneficiários. Isso garante a continuidade do jornalismo de solução e a qualidade do serviço prestado.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão