Thumbnail
Patrocinado

Conquer

70% do engajamento de um time vem do líder: capacitação é a saída para o profissional do futuro

e Gazz Conecta
04/03/2022 03:00
Inovação e bons negócios só acontecem com profissionais
competentes. Para gerir essa demanda, trabalhar e recrutar os melhores
talentos, empresas de todos os portes precisam cada vez mais de líderes capazes
de motivar o time.
Um estudo da Universidade de Harvard confirmou a
importância disso. Segundo a pesquisa, 70% do engajamento de uma equipe vem de
um ótimo líder. No entanto, apenas 27% dos brasileiros são altamente engajados
no trabalho, de acordo com a consultoria Gallup.
O líder também influencia de maneira relevante os pedidos
de demissão. A Uma pesquisa da Michael Page identificou que 8 em cada 10
profissionais pedem demissão por conta de um gestor inadequado, ou de suas
práticas no relacionamento com seus liderados. Segundo a mesma pesquisa,
apenas um em cada 10
profissionais tem a capacidade técnica e soft skills –- habilidades de
comportamento e inteligência emocional – para gerir equipes.
Além das habilidades já citadas, a velocidade da tomada de
decisões feitas pelo líder precisa ser cada vez maior, um dos efeitos da
pandemia no meio corporativo.  Segundo a
especialista em recrutamento PageGroup, em parceria com o Centro de Liderança
da Fundação Dom Cabral, esse impacto foi sentido por 40% dos gestores. Além
disso, 77% deles aceleraram a tomada de decisão por meio de instrumentos
tecnológicos.

Conhecimento técnico e habilidades interpessoais formam umbom líder

Líderes precisam, além de
habilidades técnicas e visão ampla sobre sua atuação, desenvolver
autoconhecimento e inteligência emocional para saber quais são seus propósitos
e vulnerabilidades, além de pensar em prioridades. É o que defende Carlos
Espósito, business HR manager na Whirlpool Corporation e professor da Escola
Conquer. “A partir do momento em que o líder faz tudo isso, ele consegue
superar muitos desafios”, explica.
Bons líderes devem ainda entender do negócio em que atuam e seus principais indicadores; ter a comunicação e influência como alicerces do seu cotidiano; ver cultura e pessoas lado a lado para desenvolver o melhor de sua equipe; saber que a gestão da mudança é essencial; compreender como delegar tarefas e motivar o trabalho em equipe; além de pensar simultaneamente de forma estratégica e tática.
Ainda na visão de Carlos, a liderança deve estar sempre
ligada ao desejo de aprendizado. “Imagino que a liderança do futuro seja
lifelong learner – o líder que
constantemente aprende, busca tendências, novas formas de atuação e se adapta
sempre a novas formas de trabalho da sua organização e do seu time”, explica.

O mercado de trabalho

Os cargos de liderança têm
títulos variados, desde supervisor, coordenador, gerente e diretor, assim como
a média salarial diversificada. No cargo de coordenação de empresas como Leroy
Merlin, Claro, Unimed e Heineken a variação do salário fica entre R$ 3,7 e R$
10 mil. Já um diretor ganha em média R$ 12, segundo o portal Glassdoor.
Quanto às vagas disponíveis, a
rede social de empregos Linkedin apontou mais de 11,5 mil vagas para a área de
liderança e gestão de pessoas, em vários níveis, apenas no Brasil, em fevereiro
deste ano.
Para levar os profissionais mais bem preparados e atualizados ao mercado de trabalho de forma prática e descomplicada, a Escola Conquer lançou uma pós-graduação online de Liderança e Gestão de Pessoas.
Na ementa da pós-graduação, estão
conteúdos sobre primeiros passos como líder, habilidades essenciais para a
liderança, gestão e alta performance, gestão de pessoas e novos modelos de
gestão. A grade também conta com matérias optativas, assim o aluno também pode
cursar disciplinas como soft skills, inovação, transformação digital e análise
de dados.
Entre os professores do curso,
estão nomes com experiência de mercado que atuam em grandes companhias, como
Heineken, Nubank, B2W Digital, Gol Linhas Aéreas, Whirlpool Corporation e
Nuvemshop.
O certificado do curso é
reconhecido pelo Ministério da Educação, com nota máxima, por meio de uma
parceria com a ESIC Business & Marketing School, válido na China e na União
Europeia.
Para se inscrever no curso de pós-graduação Conquer, acesse o site da escola.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão