Thumbnail

A maioria dos profissionais sonha com posições de liderança, mas a verdade é que poucos se preparam para elas. Crédito: Freepik

Allan Costa

Allan Costa

Allan Costa é empreendedor, investidor-anjo, mentor, escritor, motociclista e palestrante em dois TEDx e em mais de 100 eventos por ano. Co-fundador do AAA Inovação, da Curitiba Angels e Diretor de Inovação da ISH Tecnologia. Mestre pela FGV e pela Lancaster University (UK), e AMP pela Harvard Business School.

Liderança

Os 5 maiores erros que novos líderes devem evitar

24/10/2023 16:08
A maioria dos profissionais sonha com posições de liderança, mas a verdade é que poucos se preparam para elas. Ao longo dos anos, eu mesmo passei por poderosos aprendizados quando ocupei as minhas primeiras posições de liderança.
Ao longo dos últimos anos, percebi também o quanto algumas pessoas têm dificuldades quando começam a exercer a liderança junto a seus times e acabam cometendo erros que são fáceis de serem evitados e podem potencializar a atuação como líder. Baseado nisso, trouxe aqui os 5 maiores erros que novos líderes devem evitar:

1. Falhas na comunicação

Uma das habilidades mais críticas para qualquer líder é a comunicação. Já abordei esse tema em diversos outros artigos, e deixei claro o quanto comunicação é uma das habilidades mais importantes do mercado.
Novos líderes podem enfrentar dificuldades nesse aspecto, seja devido à falta de experiência ou confiança. Falhar na comunicação promove desalinhamento e reduz a capacidade do líder de engajar e transformar, e consequentemente, faz com que objetivos não sejam atingidos.

2. Microgerenciamento

É natural que novos líderes queiram garantir que as tarefas sejam concluídas corretamente e nos prazos necessários, mas convenhamos que o microgerenciamento pode ser prejudicial tanto para a produtividade quanto para a moral da equipe.
Ficar constantemente supervisionando os membros do time, duvidar de suas decisões, querer olhar tudo no nível máximo de detalhe e não dar a eles espaço para cometer erros pode sufocar a criatividade, gerar acomodação - e irritação em muitos casos - e prejudicar o crescimento.

3. Ignorar feedback e críticas

Novos líderes podem se ver como aqueles que devem ter todas as respostas, o que pode torná-los resistentes ao feedback e críticas. No entanto, essa mentalidade pode resultar em oportunidades perdidas para melhorias e danificar os relacionamentos com os membros da equipe.
Não há nada pior do que um líder que acha que tem todas as respostas e que é o dono da razão. E cargos de liderança podem subir muito alto na cabeça de muita gente. Por isso, é sempre bom ter cuidado.

4. Falta de adaptabilidade

A mudança é inevitável no mundo dos negócios, e novos líderes devem ser adaptáveis para navegar com sucesso por essas mudanças. Não se adaptar a novas tecnologias, tendências de mercado ou dinâmicas de equipes em evolução pode prejudicar a eficácia de um líder.
É muito fácil, ao atingirmos determinado objetivo, como um determinado cargo, termos a tendência de relaxar, parando de evoluir e perdendo a capacidade de se adaptar. Já vi isso destruir muitas carreiras.

5. Negligenciar o desenvolvimento da equipe

Novos líderes, muitas vezes, se concentram tanto em suas próprias responsabilidades que se esquecem de investir no crescimento e desenvolvimento das pessoas no seu time. Isso pode prejudicar não apenas o desempenho individual, mas também o sucesso geral da equipe.
Você é um líder e isso, por definição, significa que outras pessoas estão junto a você em uma determinada missão. Não adianta que você siga o passo 4, se adaptando e continuando a evoluir, se você não estimula sua equipe a fazer o mesmo.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão