Thumbnail

O Tech Trends Report lançado neste fim de semana trouxe as mais importantes tendências tecnológicas da atualidade, dentre elas assuntos do momento que ainda vão dar muito o que falar na próxima década.

Allan Costa

Allan Costa

Allan Costa é empreendedor, investidor-anjo, mentor, escritor, motociclista e palestrante em dois TEDx e em mais de 100 eventos por ano. Co-fundador do AAA Inovação, da Curitiba Angels e Diretor de Inovação da ISH Tecnologia. Mestre pela FGV e pela Lancaster University (UK), e AMP pela Harvard Business School.

Tech Trends Report

As tendências tecnológicas mais importantes para a próxima década

14/03/2023 14:02
Todos os anos, a futurista Amy Webb, uma das mais respeitadas do mundo, lança, através de seu instituto, o Future Today Institute, um report com centenas das mais importantes tendências tecnológicas da atualidade. O lançamento do Tech Trends Report normalmente acontece durante o SXSW, um dos maiores eventos de inovação do mundo, e neste ano não foi diferente. O relatório veio a público neste final de semana. Após me debruçar sobre o material, resolvi separar alguns dos pontos mais relevantes e comentá-los aqui.

1) Inteligência Artificial

A IA, segundo o instituto, terá impacto praticamente imediato em todas as indústrias mapeadas, desde agro, passando por mídia e entretenimento e chegando à logística e às telecomunicações. Este impacto não necessariamente estará ligado à Inteligência Artificial Generativa, como a que temos visto ganhar as manchetes, como a MidJourney.
Nos próximos 12 a 24 meses, veremos diversas novas soluções de IA sendo incorporadas a aplicações que utilizamos todos os dias, de forma ainda mais user-friendly do que temos hoje.

2) A Web3 não morreu, mas precisa amadurecer

Com o boom e queda dos NFTs e a queda geral do mercado cripto, muitas pessoas passaram a duvidar da chamada Web3, defendida por alguns como a próxima iteração da internet: uma internet baseada em blockchain, mais descentralizada. Continuo acreditando fortemente nesta hipótese, mas concordo com a Amy Webb de que muitos dos impactos da Web3 ainda estão a cinco ou dez anos de distância, ao contrário do impacto imediato da IA.
A Web3 ainda precisa resolver questões fundamentais de segurança, escalabilidade e UX, problemas esses que já estão sendo endereçados por mentes brilhantes ao redor do mundo.

3) O Metaverso vai acontecer, mas pode demorar

O Metaverso - sabe-se lá qual for a definição exata já que muitos autores ainda diferem neste ponto - irá acontecer, se estivermos pensando aqui em uma próxima fase da internet com experiências mais imersivas e baseadas em tecnologias como realidade aumentada, mista ou virtual. Essa nova forma de interação entre usuários trará experiências incomparáveis em relação à internet baseada em telas flat que temos hoje.
Contudo, chegar a este ponto em que qualquer pessoa terá acesso a aparelhos poderosos capazes de rodar estes ambientes imersivos pode demorar alguns bons anos. Como eu cansei de afirmar no auge do hype em torno do metaverso, em 2022, muita calma nessa hora. Vai acontecer, mas não como afirmavam os profetas da revolução do metaverso na internet.

4) 6G

Se ainda estamos começando a falar de 5G, imagine o quão poderoso será o 6G. Diferente de seu antecessor, o 6G não precisa de uma infraestrutura nova para rodar, ele acontece a partir da infraestrutura já existente, o que contribuirá bastante com a adoção em massa da tecnologia. As regiões que não adotarem o 5G e o 6G serão deixadas para trás e essas tecnologias são a base fundamental para que outras tendências aconteçam, como o metaverso.
Obviamente, diversas outras tendências são extremamente relevantes, como computação quântica e bioengenharia, mas naturalmente precisei escolher algumas das minhas favoritas para inserir neste artigo. Se você ainda não leu, vale a pena ler o relatório de Amy Webb, disponível online gratuitamente.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão