Thumbnail

o formato em nuvem traz um novo patamar de flexibilidade e eficiência a sistemas de telefonia, possibilitando um novo olhar para a comunicação empresarial.

Dalton Miranda*

Cloud services

Redução de custos e otimização: como funciona a telefonia na nuvem?

04/08/2023 18:59
O avanço da tecnologia sobre a gestão empresarial pode ser evidenciado em diversas frentes, principalmente se considerarmos a extensão de serviços oferecidos por vias digitais. Na linha de frente, configurando entre as ferramentas mais atrativas para organizações dedicadas a automatizar seus processos, a nuvem desponta como uma tendência que já pode ser classificada como uma realidade em milhares de empresas.
Seus benefícios são numerosos e vão ao encontro a dados significativos. De acordo com estimativas levantadas pela Gartner, o mercado de serviços em nuvem poderá chegar ao faturamento de US$ 1 trilhão até 2026. O que muitas organizações deixam passar, entretanto, é a extensão de possibilidades a serem extraídas através de plataformas de cloud.
Dentro do contexto da comunicação – que, por sinal, ocupa uma posição de extrema importância para o andamento e o próprio sucesso das atividades –, a nuvem surge como uma oportunidade para reformular o modelo de telefonia adotado, trazendo funcionalidades que aprimoram processos de controle, reduzem custos e colocam a rotina de comunicação em um modus operandi de mais mobilidade e eficiência.

Telefonia em nuvem é passo estratégico para simplificação

Em resumo, a telefonia em nuvem funciona como uma central telefônica que conecta as linhas da rede privada de ramais em um sistema remoto, dentro de um modelo 100% digital. Seguindo o conceito de cloud computing, o formato conta com um servidor externo e depende de uma conexão estável de internet para que todas as funcionalidades sejam aplicadas. Na prática, os profissionais passam a realizar ligações de qualquer lugar e a qualquer hora.
No caminho para otimizar procedimentos e potencializar a produtividade, simplificar é palavra de ordem. Não por acaso, costuma motivar iniciativas voltadas para a automatização. Com a telefonia, a premissa é similar e ainda vai além: por meio de um PABX (Private Automatic Branch Exchange) Virtual, além da empresa ter condições de reduzir gastos com infraestrutura e manutenções, toda a administração será visualizada virtualmente. É importante, para que este ponto seja conduzido com a excelência necessária, contar com uma solução baseada inteiramente em tecnologia de nuvem.
Para companhias que utilizam modelos de trabalho híbridos ou em home office integral, essa opção carrega um trunfo imensurável. Facilita a vida do gestor, por simplificar o controle e oferecer uma visão holística por toda a cadeia de chamadas e, claro, proporciona à rotina das equipes um diferencial bem-vindo e que culmina em uma comunicação dinamizada.
Dentre os principais benefícios ligados à telefonia em nuvem, alguns ganham destaque:
  • Oferece rapidez e descomplica a configuração de ramais;
  • Possui a Ura (Unidade de Resposta Audível), que pode ser modificada a cada semana, por campanha e por filial, de forma simples e fazendo com que a comunicação se torne uma forte aliada para as áreas de marketing das empresas;
  • Trabalha com gravações de chamadas, possibilitando que o gestor verifique a qualidade do atendimento de seus colaboradores, possibilitando melhorias a serem abordadas em treinamentos dos colaboradores e entregando maior segurança operacional para as empresas;
  • Tem extrema agilidade em configurar novos ramais, sem depender de administradores de PABX e com isto agilizando a criação e/ou mudanças de departamentos e equipes na empresas.

Mais flexibilidade sem abrir mão do controle

Um sistema que une telefonia e cloud pode ser conduzido remotamente, por aplicações do ramal em dispositivos diversificados, a exemplo de smartphones, notebooks ou aparelhos IPs. Cada vez mais, é preciso levar a otimização como um conceito presente no dia a dia operacional, de modo a garantir que a tecnologia cumpra sua função simplificadora, impactando, positivamente, o cotidiano de todos os profissionais envolvidos no negócio. Isso inclui, vale mencionar, os colaboradores externos.
Um projeto de automatização só é bem-sucedido se levar conceitos de flexibilidade à risca, na medida em que ser disruptivo deixou de ser algo secundário ou postergável, para se consolidar como um fator crítico dentro de pequenas, médias e grandes empresas. O que não significa, em nenhuma hipótese, que gastos exorbitantes devam pautar iniciativas digitais.
Com certeza, a telefonia em nuvem é prova disso. Com a solução ideal, é possível migrar seu sistema de telefonia convencional para o cloud, sem abrir mão do controle, do custo-benefício e, mesmo assim, entrar de vez em uma era de alta eficiência e mobilidade para as comunicações.
*Dalton Miranda é diretor nacional de vendas da WCS Conectologia.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão