Karim Hardane*

Karim Hardane*

Country Manager Nowports

Logística

Potencializando a competitividade: como a inteligência artificial beneficia a logística

13/10/2023 17:05
O sucesso da Logística 4.0 está ligado à força dos investimentos, sobretudo para absorver a demanda de inovações e ampliar a infraestrutura necessária. Dados da Associação Brasileira de Logística (Abralog) revelam que o Brasil perde, em média, 9 bilhões de dólares por ano com a falta de eficiência e modernização no segmento. Para tentar reverter essa realidade, o uso da inteligência artificial (IA) nos diversos setores da cadeia produtiva mostra que a integração entre tecnologia e dados vai ditar os rumos das estratégias de negócios nos próximos anos.
Na logística, a IA pode ser fundamental, abrangendo diversas etapas do processo. Ao analisar um volume imensurável de informações, as empresas têm usado dispositivos e plataformas para otimizar processos, prever resultados e evitar potenciais problemas.
Um dos grandes benefícios do avanço da tecnologia na logística é a possibilidade de predição. A previsibilidade ajuda a fiscalizar toda a cadeia de suprimentos, desde o envio até a chegada das mercadorias. O rastreamento é uma atividade essencial para o setor. Com a IA, o monitoramento se torna mais assertivo, evitando atrasos e prazos incorretos. Além disso, a atualização em tempo real permite que ações sejam tomadas de forma preventiva e reativa para solucionar impasses inesperados.
Outro destaque positivo está na capacidade de programação. A IA consegue realizar a avaliação de variáveis como rotas, custos (por exemplo, o preço dos combustíveis) e histórico de transações anteriores. As informações ajudam na operacionalização das demandas de forma mais rápida, barata e eficiente. Como consequência, haveria uma diminuição do custo logístico.
Essa soma dos gastos com transporte, estoque, armazenagem e serviços administrativos consome 12,7% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, segundo pesquisa do Instituto de Logística e Supply Chain (ILOS). Diante desse cenário, a implementação da inteligência artificial se mostra como uma aliada poderosa na busca por maior eficiência e economia nas atividades logísticas do país.
As inúmeras possibilidades da aplicação da IA no setor podem alavancar a competitividade do Brasil em relação aos outros países. Segundo o relatório Competitividade Brasil, produzido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o país ocupa a 15ª das 18 posições nos fatores infraestrutura e logística. Com isso, avançar no ranking é fundamental para o sucesso de logtechs e grandes empresas do setor.
Por fim, detalhes voltados para a tomada de decisão corporativa também englobam as possibilidades de aplicação da IA. Alocação da força de venda, mapeamento de custo de crédito e entendimento das principais dores dos clientes para melhorar o Customer Experience são alguns dos exemplos de soluções relacionadas ao uso da ferramenta.
*Karim Hardane, Country Manager Nowport.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão