Thumbnail

Como se preparar para ter sucesso no próximo ano? Fazendo planejamento estratégico.

Fernando Senna*

Organização e Planejamento

Planejamento para 2023: qual a melhor maneira de organizar as metas e os objetivos do negócio?

02/12/2022 15:35
“Estou organizando o planejamento do próximo ano e não sei por onde começar”. Essa é uma das principais questões dos empreendedores e de quem deseja iniciar um novo negócio.
Com inúmeros processos sob sua responsabilidade, o empreendedor precisa alinhar as ações que deram certo, para entender o que deve manter ao longo do próximo ano. Ao mesmo tempo tem que se preparar para incorporar novas técnicas.
Mas afinal de contas, como se preparar para ter sucesso no próximo ano? Fazendo planejamento estratégico. Além de ser essencial em várias fases do negócio, começar o ano com a estratégia preparada, pode significar o crescimento da sua empresa.
Trabalhar de forma planejada permite a concentração de esforços no desenvolvimento de ações que permitirão o alcance dos objetivos da empresa. Além disso, por meio do planejamento adequado, é possível organizar o orçamento e evitar o desperdício de recursos, o que irá fazer com que o use de forma consciente, impedindo que o empreendedor atue de forma desorganizada ou impulsiva.
Caso você não tenha uma estratégia bem definida e não saiba por onde começar a planejar seu próximo ano, está tudo bem, vamos mudar isso agora. Separei algumas dicas que podem ajudar na hora de organizar e se preparar para impulsionar o negócio.
Pensando de forma macro, é necessário responder às seguintes questões: Qual seu propósito com a empresa? Qual seria o objetivo que você acha inalcançável, mas sonha com ele? Depois de respondidas, podemos pensar no próximo ano: Qual o seu maior objetivo para o próximo ano? Aqui pode usar receitas, cases de clientes ou algum indicador que você consiga metrificar e que esteja conectado ao seu sonho e te ajuda a concretizar o propósito. Qual o seu escopo? Ou seja, o que você vai oferecer? Seja específico e foque também em definir o que você não vai fazer. Quem é seu público? Quanto mais detalhado e segmentado, melhor. Qual sua vantagem competitiva? Aquela proposta de valor irresistível e que te diferencia. Junte tudo em uma única frase e você terá uma estratégia clara!
Após passar em todos os pontos, é hora de desdobrar a estratégia em 3 grandes objetivos, os quais devem ser macros e qualitativos. Com certeza só é possível planejar algo, se existe um alvo a alcançar. O mais importante neste ponto é ter clareza dos resultados do presente e vislumbrar os cenários do futuro para traçar objetivos que sejam desafiadores.
Feito isso, para cada objetivo defina 3 metas. Elas devem ser feitas no formato SMART, ou seja, específicas, mensuráveis, atingíveis e relevantes. Caso elas sejam atingidas, é um indício de que você chegou no seu objetivo, porém se ao menos 1 não for batida, ele não se concretizou. Estamos falando de metas diretamente conectadas ao objetivo.
O último passo é desdobrar cada uma dessas metas em ações claras e entregáveis, divididas por meses ou trimestres, da forma como preferir, com seus devidos responsáveis. Com isso tudo pronto, você estará melhor preparado para tomar decisões do que boa parte das empresas.
É bom lembrar que o final do ano é propício para repensar o andamento da vida pessoal e profissional e traçar metas para os próximos 12 meses. Isso porque, quando você sabe aonde quer chegar, você tem mais chance de se preparar e administrar melhor o tempo e, realizar assim as metas de seu planejamento.
*Fernando Senna é cofundador da Start Empreendedor, edtech criada por empreendedores para empreendedores, com o propósito de apoiar em todas as etapas da jornada de uma startup, da fase inicial a aqueles que já estão prontos para escalar o seu negócio. Faturou mais de R$ 100 milhões em menos de sete anos como empreendedor.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão