Thumbnail

Nos últimos meses, a ascensão meteórica da IA generativa mostrou que a era da IA chegou e, quando consideramos esse cenário de produtividade no país, essa nova era não poderia ser mais oportuna. Crédito: Freepik.

Julio Viana

Gerente Regional do GitHub no Brasil

Produtividade

IA pode ser a chave para solucionar o problema de produtividade do Brasil

01/12/2023 18:38
Uma análise da produtividade do trabalho no Brasil entre 1995 e 2022, realizada pelo Observatório de Produtividade Regis Bonelli da Fundação Getúlio Vargas, revelou que a produtividade agregada no país registrou baixo crescimento nesse período, de apenas 0,8% ao ano. O relatório, divulgado no início deste ano, sugere desaceleração no setor industrial e queda no setor de serviços em comparação ao crescimento anterior.
Nos últimos meses, a ascensão meteórica da inteligência artificial generativa mostrou que a era da IA chegou e, quando consideramos esse cenário de produtividade no país, essa nova era não poderia ser mais oportuna. Ferramentas de IA generativas, como o ChatGPT, chamaram a atenção e muitos líderes empresariais estão curiosos e empolgados com o que essa tecnologia pode oferecer, mas estão apenas começando a explorar seu potencial.
Simplificando, a IA generativa pode aumentar a produtividade no local de trabalho, aumentar a felicidade e a satisfação dos funcionários e acelerar a inovação. Esses benefícios já estão ocorrendo no setor crucial de desenvolvimento de software, com a IA generativa tendo um impacto real nos desenvolvedores, ao mesmo tempo em que ilustra como pode auxiliar trabalhadores altamente qualificados em outros campos de atuação.

Impacto da IA generativa

Como em muitos outros países, no Brasil, a indústria de tecnologia enfrenta um déficit de trabalhadores altamente qualificados. Segundo projeção apresentada em relatório do Google for Startups, entre 2021 e 2025, 53 mil profissionais de tecnologia se formarão anualmente no país, enquanto a demanda será de 800 mil novos talentos. Isso implica um déficit de 530 mil profissionais de TI em um período de quatro anos.
Grande parte desses talentos serão desenvolvedores de software, e isso se deve simplesmente ao fato de que, hoje, eles são demandados não apenas por empresas tradicionais de desenvolvimento de software, mas também por uma variedade de diferentes setores. Como atualmente praticamente todas as empresas da economia global dependem de softwares, há uma quantidade ilimitada a ser criada e mantida e não há desenvolvedores suficientes para atender essa demanda.
A IA pode ser uma das soluções para esse problema. De acordo com o relatório mencionado anteriormente, muitos dos motivos que contribuem para a escassez de profissionais qualificados estão relacionados à educação. Por exemplo, 89% dos entrevistados acreditam que o ensino de raciocínio lógico está em falta nas escolas brasileiras. Ferramentas de IA como o GitHub Copilot ajudarão a democratizar o desenvolvimento de software, permitindo que mais e mais pessoas, mesmo aquelas sem formação técnica, contribuam com o software que continuará impulsionando a economia global.
Além dos ganhos de produtividade, a IA ajudará as pessoas desenvolvedoras do Brasil no aprimoramento de suas habilidades, quer tenham frequentado uma universidade ou tenham aprendido a programar sozinhos. Isso já aconteceu nos últimos 20, 30 anos – a internet globalizou os mercados, aproximou o mundo e abriu oportunidades para países tradicionalmente mais distantes da tecnologia, os quais já podem se tornar a casa da próxima grande empresa de tecnologia ou inovação.
Antes de o ChatGPT explodir no mainstream, o GitHub já havia implantado a primeira ferramenta de desenvolvimento de IA em escala do mundo, com o objetivo de ajudar a tornar milhões de pessoas desenvolvedoras mais produtivas. Uma pesquisa mostrou que os profissionais que utilizam o GitHub Copilot conseguem programar 55% mais rápido, permitindo que agilizem tarefas cansativas e que demandam tempo. Ao quantificar essa produtividade em toda a organização, é inimaginável o que as organizações no Brasil serão capazes de alcançar.
Esses fatores e o impacto na escassez de talentos e na produtividade também demonstram o que a IA pode efetivamente gerar em termos de ganhos financeiros. De acordo com o relatório do Google for Startups, a falta de habilidades digitais do Brasil o coloca em terceiro lugar entre os países do G20 que perdem a oportunidade de aumentar o PIB. Isso é algo que deve preocupar os líderes empresariais aqui.
Um relatório recente do GitHub, em parceria com a Harvard Business School e a Keystone.AI mostrou que a IA generativa e seu impacto na produtividade influenciarão todos os setores da economia global. De acordo com as projeções, o aumento de produtividade gerado por essa tecnologia elevará o PIB global em US$ 1,5 trilhão até 2030. Então, como podemos superar essa divisão?

Convergência de open source

A capacidade da IA de ajudar as empresas brasileiras a se tornarem mais produtivas também depende de outra abordagem tecnológica que já revolucionou o desenvolvimento de software: o código open source.
Muitas ferramentas de IA contam com programas e estruturas em open source para seu desenvolvimento. Mas as empresas também podem implantar uma abordagem nesse modelo fora dos aplicativos de IA, aproveitando a experiência de uma comunidade global de desenvolvedores para criar produtos, serviços e  inovar.
Aumentar a velocidade e a qualidade da inovação significa que as empresas brasileiras podem acompanhar a transformação digital e buscar uma vantagem competitiva em relação à concorrência. Há, também, um benefício de talento indireto. O open source ajuda desenvolvedores a otimizar eficiência e produtividade, oferecendo o ecossistema ideal para aprender, dividir experiências com outras pessoas e produzir um trabalho melhor. Isso torna as organizações significativamente mais bem equipadas para atrair e reter talentos.

À beira de um avanço na produtividade

Ganhos de produtividade podem demorar para serem alcançados, tanto em empresas individuais quanto em toda a economia, e os líderes empresariais têm desafios urgentes que precisam resolver agora. Combinados, a IA generativa e o open source estão possibilitando a transformação tecnológica mais expressiva em uma geração e, consequentemente, potencializando o avanço da produtividade.
Estamos nos estágios iniciais da IA generativa, mas já está claro que ela permite que os desenvolvedores trabalhem melhor, mais rápido e mais felizes, e esse é um modelo positivo para sua aplicação em outras profissões e áreas de negócios – seja na criação de conteúdo e análise de dados ou na tradução, no design e na prototipagem.
O que é crítico para as empresas brasileiras é a rapidez com que podem dar os primeiros passos nessa nova era de desenvolvimento de software. Aqueles que adotam a IA podem reduzir pela metade o tempo de entrada no mercado. Afinal, nenhuma outra tecnologia chegou perto de criar uma mudança tão radical na produtividade.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão