Thumbnail

É essencial que os profissionais de dados e as empresas se concentrem em projetos e carreiras que possam gerar valor real e mensurável, em vez de se deixarem levar apenas pelo hype e pelas modas do momento.

Daniel Avancini*

Cultura contínua de dados

Fuja do hype: como profissionais de dados podem agregar valor à carreira?

25/08/2023 18:35
É cada vez mais comum nas discussões entre profissionais da área de dados a importância de gerar valor com informações coletadas e como mensurar esse valor. Mesmo entre vários questionamentos, é possível chegar à conclusão de que o valor do investimento em dados é maior que o resultado que conseguimos obter com esse investimento.
A implicação desse ponto é que, essencialmente, existem duas maneiras de mensurar o valor de negócios relacionados aos dados: uma abordagem voltada para a área de dados como suporte, ou seja,  responsável por gerar indicadores e manter a infraestrutura de dados, e outra abordagem que reconhece a área de dados como parte essencial da geração de valor final da empresa.
No primeiro caso, o investimento em dados é naturalmente visto como um custo que precisa ser minimizado, enquanto no segundo caso ele é visto como parte importante da geração de valor, podendo ser tão significativo quanto o valor gerado pelo produto de dados ou pela iniciativa de negócios que ele sustenta. Esse cenário não é diferente para os profissionais de dados. Em um passado não tão distante, de abundância de recursos financeiros, as empresas podiam se dar ao luxo de errar e investir em equipes de ciência de dados sem um objetivo claro.
Porém, a realidade atual é outra. Tanto empresas americanas quanto brasileiras têm cortado áreas inteiras de dados, questionando o impacto nos negócios a partir da atividade e contribuição dos profissionais que interpretam, analisam e criam plataformas de dados, entre outras funções. Devido a isso, alguns colaboradores priorizam manter-se atualizados em temas do hype - como chamamos o que está sendo repercutido em larga escala ou que está chamando a atenção das pessoas -   de tendências, ao invés de desenvolver um trabalho sólido que realmente fará diferença para o negócio hoje.
É crucial que esses profissionais entendam que sua importância é parte do valor que entrega para a empresa, e não do algoritmo ou tecnologia da moda que está utilizando. É necessário ter uma visão da maturidade analítica da empresa em que se está e das técnicas que gerarão os maiores resultados de negócio, preferencialmente em termos monetários. Em muitos casos, essa técnica pode se resumir a um relatório com uma análise de dados bem executada, por exemplo.
A economia e o mercado de trabalho passam por ciclos. Em alguns momentos, pode parecer que investir apenas em crescimento e nas tendências mais modernas trará os melhores resultados, tanto para a carreira quanto para os negócios. No entanto, na prática, os profissionais que sobrevivem são os que geram valor e resultados de forma consistente e duradoura.
Portanto, é essencial que os profissionais de dados e as empresas se concentrem em projetos e carreiras que possam gerar valor real e mensurável, em vez de se deixarem levar apenas pelo hype e pelas modas do momento. É importante adotar uma abordagem estratégica, identificar as necessidades do negócio e aplicar as técnicas e ferramentas adequadas para atender a essas necessidades, visando resultados tangíveis. Dessa forma, será possível construir uma trajetória profissional sólida e contribuir efetivamente para o sucesso das organizações.
*Por Daniel Avancini é diretor de dados da Indicium.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão