Rosangela Meusel*

Tech Recruiter

Como ser assertivo na busca por profissionais de tecnologia

06/04/2023 18:28
Atualmente, as empresas brasileiras de tecnologia enfrentam inúmeros desafios na busca por profissionais qualificados de TI. A falta de mão de obra especializada e a intensa concorrência com outras empresas são apenas algumas das barreiras que as organizações do setor encontram na procura por profissionais capacitados e comprometidos com a profissão. O problema, embora seja simples de entender, não tem uma solução tão fácil e rápida. Para que as empresas brasileiras de TI possam encontrar profissionais de tecnologia capacitados com mais facilidade, é necessário que sejam realizadas reformas estruturais no país, que visem aprimorar a qualidade da educação e tornar o ensino mais acessível.
Um estudo realizado recentemente pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e Tecnologias Digitais (Brasscom) revelou a alarmante dimensão desse paradigma. Segundo a pesquisa, o setor de tecnologia demandará em torno de 800 mil profissionais de TI até o ano de 2025 – que, convenhamos, já está muito perto. O estudo ainda indicou que o país não deve atender à expectativa, pois, nesse período, serão apenas cerca de 230 mil novos profissionais graduados. Nesse cenário, é fundamental que as empresas brasileiras do setor adotem práticas inovadoras de recrutamento e seleção que permitam atrair e reter os melhores candidatos.

Repensando os métodos tradicionais de recrutamento

Primeiramente, quando falamos sobre práticas de recrutamento e seleção, é preciso lançar um olhar analítico sobre as necessidades dos candidatos e das empresas na atual conjuntura. Nesse sentido, vale lembrar que a média de idade dos profissionais de TI atualmente é baixa em comparação com outros mercados e, por isso, por que não adotar um processo de seleção mais flexível e criativo?
À medida que a competição por novos profissionais se acirra no setor de tecnologia, as empresas precisam abandonar algumas práticas dos métodos tradicionais de recrutamento e seleção para endossar a inovação e, assim, se tornarem mais atraentes aos profissionais de TI no mercado.

Busca ativa por novos talentos

Tendo em vista o cenário altamente competitivo e a escassez de profissionais de TI capacitados, o recrutamento ativo se tornou a alternativa mais eficiente para empresas de tecnologia. A busca ativa permite às empresas - por meio da procura, identificação e avaliação - encontrar perfis aderentes às especificações de cada cargo.
Dessa forma, a empresa pode estabelecer relacionamentos com os candidatos antes que eles sejam alcançados por outras organizações. Isso pode aumentar as chances de uma empresa conseguir contratar os profissionais de TI que deseja e minimizar o tempo e os custos de recrutamento.

Otimização e personalização de processos

Para que as empresas de tecnologia se posicionem de maneira mais competitiva na busca por novos talentos, a agilidade dos processos é um fator decisivo. Processos eficientes e bem estruturados permitem uma avaliação mais precisa dos candidatos e uma decisão mais rápida sobre contratações, o que pode ajudar a evitar perda de tempo e dinheiro na contratação de profissionais que não possuam sinergia com o cargo ofertado.
Também é importante destacar a importância da personalização dos processos de recrutamento e seleção. Para evitar contratações desapropriadas, é preciso que a avaliação dos candidatos leve em conta a cultura e as características da empresa. Neste ponto, a análise detalhada dos dados e do currículo do profissional são determinantes para a escolha da pessoa certa. Portanto, aliar a otimização à personalização nos processos é um fator de grande relevância para garantir a assertividade na contratação de profissionais de TI.
Para concluir, considero importante pontuar que processos dinâmicos e bem definidos são diferenciais de grande valor na procura por profissionais de TI. A escassez de mão de obra qualificada nesse setor deve perdurar, logo, as empresas que se adaptarem mais rapidamente à essa realidade têm mais chances de serem bem-sucedidas nessa busca. Destaco, também, que a integração das mulheres a esse mercado é uma condição essencial para o futuro dos negócios, sendo um vetor da inovação nas empresas, em especial no setor de tecnologia.
  • Rosangela Meusel é Head de Recursos Humanos na Actionsys. Com mais de 20 anos de experiência no segmento de RH, a executiva é Especialista Comportamental e Grafóloga, e possui MBA em Gestão Empresarial & Coaching e Bacharel em Administração com ênfase em Análise de Sistemas.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão