Thumbnail

Da crise climática, passando pela inteligência artificial e até a automação. Saiba quais temas as lideranças devem ter no radar em 2024. Crédito: Freepik.

Marcelo Gripa

Marcelo Gripa

Marcelo Gripa é jornalista, especialista em comunicação corporativa e co-fundador da Futuros Possíveis, plataforma que gera discussões e inteligência sobre futuros.

Tendências

As expectativas de futuristas para 2024 nas empresas

16/01/2024 10:27
Ano novo, lista nova. É tradição recorrer a metas e previsões em janeiro sobre o que pode acontecer até dezembro. Embarquei nesta missão na companhia de três futuristas que se dedicam a projetar cenários empresariais. À coluna De olho no futuro, Daniela Klaiman, Jaqueline Weigel e Carlos Piazza compartilharam visões do que as lideranças devem ter no radar ao longo de 2024.

Clima

É um consenso entre eles que a crise climática precisa ser encarada de frente pelas organizações. "Chegamos ao ponto crítico. Gostando ou não, os negócios terão que entender do assunto porque ele fará parte da estratégia", resume Jaqueline.  Ela explica que a mudança climática não afeta apenas o meio ambiente, mas também impõe desafios empresariais significativos.
"Eventos climáticos extremos, escassez de recursos e regulamentações ambientais mais rigorosas moldam o clima empresarial. Empresas resilientes em 2024 são aquelas que não apenas se adaptam a essas mudanças, mas também veem oportunidades na transição para modelos de negócios sustentáveis", opina.
Daniela também aponta o tema ambiental como prioritário para as empresas neste ano. "A sustentabilidade e a responsabilidade corporativa terão maior foco à medida que consumidores e investidores se tornam mais conscientes de questões ambientais e sociais", diz.
É uma realidade embasada por pesquisas. Um estudo da consultoria Kantar, divulgado no fim de 2023, concluiu que 56% dos brasileiros evitam comprar de marcas que não investem em sustentabilidade. Em artigo produzido no final de 2023, Daniela comentou "a necessidade urgente de pessoas e empresas se unirem nessa causa global e mudarem atitudes para ações mais sustentáveis, com comprometimento e metas de curtíssimo prazo".
Daniela Klaiman. Crédito: Divulgação.
Daniela Klaiman. Crédito: Divulgação.
Mas, o comprometimento com a agenda ambiental, que é tão necessário para promover avanços, pode ser uma pedra no sapato. Piazza explica que o centro da discussão da crise climática é a governança corporativa, o G do ESG, e nem sempre ela está à altura do desafio.
"A governança é quem declara as políticas afirmativas pelas quais as empresas seguirão, colocando um peso maior no fazer o que se diz - e as empresas não são lá muito adeptas a isso", diz, mesmo estando sujeitas a perder espaço em um mundo que caminha para ser mais sustentável.
Para Jaqueline, "a sociedade está cada vez mais atenta ao papel das empresas na mitigação das mudanças climáticas. Aquelas que não priorizarem a sustentabilidade podem enfrentar boicotes e uma queda na lealdade do consumidor".

Inteligência artificial

Um dos principais tópicos no mundo dos negócios em 2023, a inteligência artificial não poderia ficar de fora da lista de tendências para este ano. Daniela aponta para uma provável maior integração da IA e da automação em diversos processos de negócios em busca de mais eficiência e redução dos custos.
À medida que a adoção dessas ferramentas aumenta, crescem também os desafios envolvidos. Jaqueline prevê que o cuidado ético na aplicação da IA será um desafio para 2024, evitando a replicação de vieses e preconceitos, por exemplo, considerando que, para ela, a maioria das lideranças ainda não está letrada e sabe pouco sobre o tema do ponto de vista prático.
Jaqueline Weigel. Crédito: Divulgação.
Jaqueline Weigel. Crédito: Divulgação.

Automação

Ano após ano, a tecnologia tem automatizado cada vez mais o trabalho dentro das empresas e, em 2024, não será diferente. O ritmo das transformações, porém, deve acelerar a partir do uso massivo da inteligência artificial generativa, os chatbots capazes de responder em tempo real aos comandos dos usuários. Esta solução pode ser muito valiosa no atendimento ao consumidor e nas etapas iniciais de vendas online, entre outras demandas operacionais.
Se, por um lado, a tecnologia otimiza processos e reduz custos, por outro ela altera a configuração de parte dos empregos. "A conectividade entre dados e a fluidez entre as tecnologias indica que a convergência homem/máquina já é algo real, e isso muda a forma do trabalho e dos empregos", contextualiza Piazza. Para Jaqueline, há ainda um fator geracional envolvido. "A nova geração não está interessada em algumas profissões nem nos modelos antigos. Pra mim, isso tem a ver com uma nova cadeia de valores ".
Carlos Piazza. Crédito: Divulgação.
Carlos Piazza. Crédito: Divulgação.

Mais tendências

Nem só da questão climática e da IA viverão os negócios em 2024, porém. Os futuristas consultados para este texto listaram outras frentes que deverão moldar a visão estratégica das organizações neste ano, tais como cibersegurança; diferenças geracionais na forma de consumo; consolidação do trabalho remoto como alternativa viável; e um olhar mais complexo para as questões de diversidade e inclusão.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão