Thumbnail

Ranking

Curitiba ultrapassa São Paulo e é eleita a cidade mais inteligente e conectada do Brasil

HAUS
04/10/2022 19:07
Depois de figurar na terceira colocação do ranking geral do Connected Smart Cities -- uma das principais iniciativas do setor de cidades inteligentes e mobilidade urbana do Brasil -- em 2021, Curitiba (PR) superou São Paulo (SP) e este ano assumiu a liderança, passando a ser, em 2022, a cidade mais conectada e inteligente do país. Na segunda colocação ficou Florianópolis (SC) e na terceira, a capital paulista. O resultado foi anunciado oficialmente nesta terça-feira (4), em São Paulo, no Centro de Convenções Frei Caneca.
O ranking é montado todos os anos a partir de um estudo desenvolvido pela Urban Systems e a Necta, levando em conta 75 indicadores em 11 eixos temáticos. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o ranking considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica.
Os curitibanos podem celebrar também outras conquistas da sua cidade: além da liderança geral, Curitiba ocupa a primeira posição entre as cidades da região Sul do Brasil e também entre as que têm população superior a 500 mil habitantes. Outra conquista neste ano é a primeira colocação entre os 680 municípios com mais de 50 mil habitantes mapeados pelo ranking no eixo de empreendedorismo.
A cidade ganhou destaque, também, no eixo de tecnologia e inovação, com a segunda posição. A liderança nesta categoria foi da cidade de Fortaleza (CE). Já quando o recorte é urbanismo, categoria liderada pela cidade de Santos (SP), Curitiba ficou na terceira posição, logo após Jaguariúna (SP).

Veja aqui o ranking completo de 2022

Curitiba em números

Com quatro polos tecnológicos e doze incubadoras de empresas, a cidade de Curitiba registrou, no período analisado, crescimento de 2,44% no número de empresas de tecnologia e crescimento de 17,3% entre as microempresas individuais. Em urbanismo, destacam-se as recentes revisões do Plano Diretor e da Lei de Uso e Ocupação do Solo da cidade.
O investimento em infraestrutura e mobilidade na cidade foi de R$ 578 por habitante, além da disponibilização ao cidadão do cadastro imobiliário.
Em meio ambiente, apesar do déficit brasileiro, Curitiba atingiu a universalização dos domicílios urbanos, do abastecimento de água, do atendimento de esgoto sanitário e da coleta de resíduos residenciais. A cidade conta, ainda, com monitoramento eletrônico de áreas de risco e índice de recuperação de materiais recicláveis de 2,49%, com aumento em relação ao ano anterior.
Destaque para 100% de cobertura 4G no município, densidade de 36,05 acessos de banda larga para cada 100 habitantes, sistema de agendamento de consulta da rede pública de saúde e nota 9,6 na Escala Brasil de Transparência.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão