Thumbnail

Desde 2022, a Mapzer já identificou mais de 1 milhão de possíveis focos da doença em 23 municípios, como empoçamentos, entulhos e lixos abandonados de forma irregular e mato alto. Crédito: Divulgação.

IA no combate à dengue

Startup curitibana utiliza inteligência artificial proprietária para identificar possíveis focos de dengue no país

GazzConecta
08/05/2024 12:12
Dados atualizados nesta terça-feira (7) pelo Ministério da Saúde apontam para mais de 4,4 milhões de casos prováveis de dengue no país desde o início de 2024, com 2.246 mortes confirmadas e 2.432 sendo investigadas. Os esforços para o combate ao Aedes aegypti seguem em estados e municípios. E uma startup curitibana trouxe uma solução que pode vir a ajudá-los a encontrar possíveis criadouros do mosquito espalhados pelos centros urbanos.
Desde sua fundação, em 2022, a Mapzer já identificou mais de 1 milhão de possíveis focos da doença em 23 municípios, como empoçamentos, entulhos e lixos abandonados de forma irregular e mato alto. Para o rastreamento, a empresa usa carros equipados com uma câmera que utiliza inteligência artificial proprietária para mapear 39 questões de zeladoria pública.
Os dados obtidos, como as imagens geradas e a localização dos possíveis focos de proliferação, são analisados pela IA e inseridos em um software de acesso aos departamentos públicos responsáveis da gestão municipal, facilitando a identificação e a ação rápida para correção do problema, sem depender de ordens de serviço ou contato feito pela população para informar a questão.
Câmera acoplada no alto dos veículos para o reconhecimento e o mapeamento de necessidades de manutenção dos espaços urbanos, incluindo a identificação de possíveis focos de proliferação do mosquito da dengue. Crédito: Divulgação.
Câmera acoplada no alto dos veículos para o reconhecimento e o mapeamento de necessidades de manutenção dos espaços urbanos, incluindo a identificação de possíveis focos de proliferação do mosquito da dengue. Crédito: Divulgação.
A Mapzer garante a cobertura de 100% da área urbana com prazos que variam de acordo com a especificidade de cada região: demanda, relevo, trânsito e dia da semana. Em cada cidade atendida pela startup, há pelo menos um carro com circulação diária. Cidades maiores, como Curitiba, têm mais veículos operando para a identificação dos problemas.
“A Mapzer nasceu com o intuito de transformar cidades inteligentes e contribuir com a gestão pública para a zeladoria urbana identificando mais de 30 problemas. Monitoramos as ocorrências em todos os municípios em que estamos e cinco delas têm despertado a atenção nos últimos meses por serem possíveis focos de dengue. A inteligência artificial pode ser grande aliada para a redução da doença”, explica Paulo Machado, diretor executivo da empresa.
A startup foi criada com base na percepção de um dos sócios, Gabriel Terleski,quanto à necessidade de implementar soluções tecnológicas para os desafios da administração municipal. A mesma percepção é compartilhada pelos demais sócios da empresa, Rodrigo Streithorst, Rudimar Reis e Ruimar Reis.
“Precisamos inserir tecnologia e inteligência artificial na gestão pública das cidades para que elas possam se tornar mais proativas. Temos ferramentas suficientes para auxiliar o cidadão quanto às reinvidicações em sua sua região. Isso faz com que recursos financeiros e de tempo sejam poupados. Esperamos levar esse recado para todos os municípios brasileiros”, diz Terleski.
O mesmo dispositivo utilizado para a identificação de focos de proliferação do mosquito da dengue também faz o reconhecimento e o mapeamento de necessidades de manutenção dos espaços urbanos, identificando em tempo real ocorrências que impactam diretamente na vida do cidadão, gerando dados que podem ser acessados pelo software da empresa pela gestão pública para facilitar a tomada de decisão em determinado aspecto.

Cases pelo Brasil

Entre os municípios que já apresentam melhoras com o uso da IA está a cidade de Goiânia (GO), que reduziu 46% do número de buracos e 49% de irregularidades em tampas de bueiro de junho a setembro de 2023. O município, que foi classificado entre as cidades mais inteligentes do Brasil de acordo com o Connected Smart Cities 2023, já havia apresentado cases de resolução de problemas no primeiro semestre com o uso da IA: tampas de bueiro (28%); sinalização inexistente (21%), calçada irregular (13%) e lixo irregular (8%) – dados da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) de abril de 2023.
O município de Batatais (SP), localizado a 355 km da capital paulista, também tem registrado melhorias urbanas de forma mais eficiente depois do uso da inteligência artificial. No mesmo período, de julho a setembro, a cidade reduziu em 20% o acúmulo irregular de lixo.
As irregularidades em tampas de bueiro em Hortolândia (SP), município do estado de São Paulo, foram solucionadas em 71% de julho a setembro de 2023. Já os buracos em 22% e os bueiros irregulares em 55%. “O uso da tecnologia para monitoramento da infraestrutura pública já é uma realidade. Sabemos que o trabalho humano é único, e não abrimos mão dele, mas a união desta força com a inteligência artificial é de extrema importância para questões que também envolvem saúde pública”, diz o diretor executivo da Mapzer.

E vem aí o GazzSummit Agrotechs

O GazzSummit Agrotechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em um dos setores mais relevantes do país. O evento será realizado no dia 15 de agosto de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeia produtiva ainda mais longe. Uma programação intensa de 12 horas de conteúdo, e mais de 25 palestrantes, espera os participantes que poderão interagir com players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta sua vaga no site.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão