Thumbnail

Conheça a trajetória da Rudegon, empresa que foi fundada há mais de 30 anos e hoje é referência neste setor.

Egon Hamm

Como a Rudegon está se modernizando no mercado de marcenaria

Papo Raiz*
06/01/2023 13:58
O mercado da marcenaria está se modernizando e nada melhor do que ter bons exemplos de negócios a serem seguidos para crescer e ter sucesso neste ramo, não é mesmo? E falando se fala em referência de mercado, o grupo Rudegon ocupa um lugar privilegiado de lojas para marceneiros.
No podcast Papo Raiz, o sócio-fundador, Egon Hamm, contou a trajetória da empresa que foi fundada há mais de 30 anos e, hoje, possui o maior e mais completo estoque de produtos para a construção e acabamento de móveis sob medida de Curitiba e Região Metropolitana, além de contar com diversas lojas em todas as regiões do Brasil.
Como toda história de sucesso, os bons resultados alcançados pela Rudegon são fruto de muita dedicação, esforço e também boas escolhas que foram feitas pelos irmãos Egon Hamm e Rudolf Hamm Filho, no ano de 1987, quando decidiram abrir uma loja voltada ao atendimento de marceneiros. Para comprar os primeiros estoques do comércio, eles venderam um carro que utilizavam na época e, com a ajuda de um único funcionário, faziam todo o trabalho que envolvia a empresa, desde o descarregamento e armazenamento dos produtos até o atendimento aos clientes, que acontecia em uma sala alugada de 15m².
“A vida é feita de escolhas e ser empresário é uma delas, a partir do momento em que você faz essa escolha, precisa ter determinação, coragem, estar disposto a correr riscos e tem que se doar a isso. Um dos desafios mais importantes é ter confiança em si próprio e, principalmente, conseguir passar essa confiança para o mercado e para as pessoas que vão somar contigo neste desafio”, afirmou Egon Hamm.
Em um ritmo constante de evolução, desde o início a Rudegon quis mostrar ao mercado um novo conceito do que e como oferecer um serviço e produtos de qualidade aos marceneiros, se tornando assim pioneira do ramo na região. “Nosso grande diferencial foi que não queríamos ser um grande ponto de compra em Curitiba, e sim ser a mais completa e melhor opção da cidade”, lembrou o empresário.
Ele explicou que para alcançar esse objetivo, a Rudegon adquiriu uma grande variedade e qualidade de produtos, que deram ao cliente marceneiro a possibilidade de comprar tudo que precisavam em um único local e foi então que os irmãos Hamm construíram um depósito maior e, pouco antes dos anos 2000, inauguraram a primeira loja do grupo.
Desenvolvendo um ambiente cada vez mais sofisticado e estoque de matérias de alta qualidade, a Rudegon foi lançando outras unidades do grupo pelo país e implementando novos serviços aos clientes e, ao longo dos anos, conseguiu se consolidar na indústria marceneira, além de fazer parte da Rede Pró, que é uma das maiores redes nacionais de revendas de materiais para fabricação de móveis, e da qual os proprietários são cofundadores.

Como a Rudegon conseguiu contratar profissionais alinhados à cultura da empresa?

Segundo Egon Hamm, montar uma equipe é um grande desafio, especialmente, porque necessita de uma atitude estratégica por parte dos gestores na hora de encontrar profissionais efetivamente prontos para assumirem uma função. Ele destaca que, no caso da Rudegon, além de aplicar métodos para uma contratação assertiva, a empresa também aposta na capacitação e reconhecimentos dos funcionários. “Nós sempre investimos em treinamento, qualificamos e temos respeito pelo colaborador e a gente procura ser como uma família”, disse o empresário.
Hamm ainda ressalta que esse fortalecimento da cultura e do trabalho dos colaboradores também sobreviveu às diferentes épocas e às adversidades impostas por esses momentos. “Os tempos são outros e os desafios são outros, e hoje a gente tem a geração internet, na qual os recursos são outros e em que temos que nos adaptar e reinventar a todo o momento”, ressaltou.

Como ganhar dinheiro no mercado de marcenaria?

Ter um relacionamento bem alinhado com todos os fornecedores que fazem parte do processo de trabalho da empresa. Para Egon Hamm, esta é uma das principais características para ter um bom lucro ou faturamento com a marcenaria.
“Nós procuramos ter com nossos fornecedores não uma operação de compra e venda, mas conquistar a confiança e celebrar boas parcerias com eles. O fabricante precisa colocar seu produto à venda, mas também precisa ter alguém ao lado dele para divulgar. É preciso comprar bem para poder ser competitivo no mercado”, constatou Hamm.

Quais os principais erros e acertos na trajetória da Rudegon?

Ainda durante a entrevista, Egon Hamm falou sobre as falhas, acertos e experiências que marcaram a história da Rudegon. Ele lembra que um dos maiores aprendizados que a gestão teve foi quando tentou implantar uma empresa de representação na marca que acabou não dando certo. Mas, ele ressalta que essa e outras situações os ajudaram a entender a real necessidade do cliente e como proporcionar a esse público-alvo uma solução efetivamente completa.
“Nós começamos a fazer parcerias com fábricas de acessórios, tintas e tínhamos uma linha completa. Nós chegamos à conclusão de que queríamos fortalecer ao máximo nosso cliente. Estamos sempre olhando para frente e aprendendo com os equívocos que cometemos, além de evoluir sempre e cada vez mais”, ressaltou.

Como funciona uma parceria da Rudegon com marceneiros?

Promover uma boa comunicação, um trabalho de qualidade e troca de experiências bem fluida com marceneiros é um dos principais propósitos da Rudegon. De acordo com Egon Hamm, o Grupo tenta dar o máximo de suporte a esses profissionais, mas, ele destaca que é preciso que quem queira iniciar neste ramo tenha algum recurso financeiro, domine o assunto, tenha alguma experiência no setor e, é claro, responsabilidade.
“Eu acho que em tudo na vida a pessoa precisa ter familiaridade, aptidão e saber fazer o que pretende fazer, principalmente, se alguém se propõe a ser empreendedor. É preciso ter conhecimento e repassar isso para dar sequência aos negócios”, finalizou. 
*Artigo produzido pelo Papo Raiz – uma conversa descontraída e divertida sobre empreendedorismo e assuntos em alta na sociedade.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão