Thumbnail

Podcast Papo Raiz teve uma conversa com o CEO da 3MIND, Guilherme Barbosa e também com o CEO do Grupo Le Farma, Mario Conceição Junior.

Guilherme Barbosa e Mario Conceição Junior

Como identificar e formar um líder de sucesso

Papo Raiz*
31/08/2022 12:30
É inegável que um dos pilares para o sucesso de uma organização está na boa liderança exercida pelos gestores, no entanto, se a pessoa que assume essa posição não tiver a expertise necessária, pode acabar prejudicando o trabalho da equipe e, consequentemente, os resultados de muitos negócios. Para falar sobre estratégias de identificação de um profissional que tenha potencial para assumir cargos de alto nível e como formar um líder de sucesso, o podcast Papo Raiz teve uma conversa com o CEO da 3MIND, Guilherme Barbosa e também com o CEO do Grupo Le Farma, Mario Conceição Junior.
Trazendo um pouco da experiência que possuem nas próprias empresas, os convidados iniciaram o bate-papo destacando que o caminho para formar um líder de sucesso não é tão simples, mas que existem alguns métodos e percepções que podem auxiliar nesse processo. Para introduzir o assunto, Mario Conceição Junior explicou como funciona o ambiente de trabalho na Le Farma.
“A gente tem uma gestão hoje muito aberta, em que todo mundo pode levantar a mão e falar e damos essa oportunidade para todos, mas poucos usam”, afirmou.
Ele ainda ressaltou que nessa questão de formar um líder de sucesso, prefere escolher alguém que já faz parte de sua equipe do que contratar um profissional externo. “A gente já teve vontade de trazer pessoas do mercado, mas não fez, porque normalmente essa pessoa é mais cara e, segundo, porque quando percebemos que vamos perder um líder, já começamos a trazer alguém para andar junto e fazemos o acompanhamento para a pessoa assumir o cargo de líder”, explicou Junior.
Além de falar sobre a gestão dos próprios empreendimentos, os entrevistados ainda deram algumas orientações de como colocar em prática as ações para formar um líder de sucesso, especialmente, no atual cenário econômico, que conta com um mercado empresarial maduro e bastante concorrido.

O que é preciso para ser um líder de sucesso?

Antes de formar um líder de sucesso, é preciso que um empreendedor enxergue dentro da sua equipe qual ou quais os profissionais que têm as características necessárias para assumir esse tipo de cargo. E foi sobre isso que Mario Conceição Junior falou durante a conversa no Papo Raiz.
“Eu acho que o grande indicador é a pessoa fazer mais do que é solicitado e quando o colaborador começa a ir nessa linha, ele tem mais chances de ser promovido”, disse.
O empresário contou que foi com base nesse método e observação das pessoas que fazem parte da equipe, que muitas conseguiram crescer dentro do Grupo Le Farma. “A gente tem colaboradores que começaram em uma função, foram crescendo e, obviamente, tiveram algumas promoções ao longo dos anos, e estão com a gente até hoje como líderes do nosso negócio. Se você coloca alguém para ser líder, na grande maioria, essa pessoa conviveu um tempo contigo e você deu exemplos no dia-a-dia de como exercer determinada função que quer que ela assuma agora”, explicou Junior.

Como escolher um bom líder?

Considerando que nem todo mundo está preparado para assumir um cargo de liderança, existem algumas estratégias que podem ser aplicadas para colocar alguém em tal função, de acordo com a necessidade das corporações. Na 3MIND, por exemplo, Guilherme Barbosa explicou que são desenvolvidas duas ações antes de iniciar o processo de formar um líder de sucesso: uma vai apontar se o profissional escolhido para ser líder está confortável com a empresa e se pretende permanecer no emprego e a outra vai confirmar se essa pessoa escolhida é bem quista no ambiente de trabalho.
“A primeira é o que a gente chama de Análise 360º, que é feita de forma anônima, onde você identifica o que os outros estão falando sobre determinada pessoa e se o seu olhar está alinhado com isso, mas, principalmente, para saber se tomar o movimento de colocar determinada pessoa em uma posição, a empresa ou o conjunto está de acordo com isso. A segunda é a Pesquisa de Clima, em que são feitas perguntas sobre a empresa para entender qual a expectativa dos funcionários”, disse o empresário.
Para o CEO da 3MIND, essa escolha de um bom líder deve ser feita sempre de forma cuidadosa, pois se a empresa faz isso sem o grupo todo estar de acordo, acaba não desenvolvendo a representatividade, que é tão importante dentro de qualquer local de trabalho.

O que é ser um líder de sucesso?

Tanto para Guilherme Barbosa quanto para Mario Conceição Junior, ser um líder de sucesso vai muito além de estar apenas à frente de uma empresa ou de um setor, pois é preciso saber lidar com toda a equipe e as diferentes personalidades e experiências profissionais que a compõem, bem como motivar e influenciar positivamente essas pessoas. Eles destacam que a inteligência emocional e ser resiliente são algumas das habilidades mais relevantes em uma liderança, além, é claro, de saber dar e receber feedbacks.
“Acho importante para um bom líder dar feedback positivo e mostrar como a empresa está enxergando o trabalho de um profissional. O líder tem uma tendência a dar um feedback positivo já para dar um negativo em seguida e eu acho isso horrível, porque parece que você minimiza algo ruim que a pessoa fez ao falar algumas coisas boas que ela fez antes, e isso acaba confundindo”, afirmou Junior.
O empresário ainda pontua que para se tornar um bom líder, as pessoas devem também buscar lugares ou empresas onde sejam plenamente reconhecidas pelo seu potencial como profissional.

Como formar um líder de sucesso?

Formar um líder de sucesso é também sinônimo de uma equipe produtiva e preparada para gerar bons resultados dentro de uma empresa. Segundo o dono da Le Farma, é deixando os colaboradores pensarem em soluções para as questões e desafios empresariais que se cria uma boa liderança.
“Eu me tornei um líder quando aprendi a delegar coisas que eu não faço tão bem para outras pessoas e isso me ajudou bastante, porque comecei a formar lideranças a partir disso. Hoje tenho várias pessoas que são a chave para o meu negócio e que me ajudam a solucionar problemas”. (CEO do Grupo Le Farma, Mario Conceição Junior).
Já para Guilherme Barbosa, formar um líder de sucesso depende da oferta de um bom plano de carreira ao profissional escolhido para tal cargo. “É preciso ter um plano de carreira para formação de novos líderes, porque se a pessoa não tem expectativa no teu negócio, ela não tende a permanecer ali”, afirmou.
Além disso, ele afirmou que saber se essa pessoa está preparada para decidir algumas coisas referentes à empresa sozinha ou não também é importante para construir lideranças. “Todo assunto que achar ser importante, deve-se questionar se a pessoa está pronta para tomar uma decisão sozinha ou se está pronta para tomar uma decisão intermediária e a gestão vai ter que partilhar isso com ela”, recomendou Guilherme Barbosa.
O empresário contou que foi seguindo essa linha de raciocínio que ele conseguiu alinhar melhorar a expectativa de cada profissional que tem na 3MIND e, assim, ter êxito na escolha das lideranças da empresa.

Qual a consequência de ter um líder ruim?

Para o CEO do Grupo Le Farma uma liderança ruim, muitas vezes, pode ser identificada no próprio dono de uma organização, uma vez que este não dá bons exemplos de como gerir um negócio ou fazer determinado serviço, além de não estar aberto às opiniões dos colaboradores. “O problema que eu vejo é que têm muitos donos de negócios que dão péssimos exemplos de como fazer um serviço e em que só a opinião deles é a que vale”, opinou Junior.
Além disso, o empresário indicou o que considera um erro grave cometido por alguns líderes.
“Eu acho que um dos maiores erros que a gente pode cometer sendo líder é manter uma pessoa no time por pena, porque você está matando ela profissionalmente e não dando oportunidade da mesma ir para um lugar onde realmente faça sentido ela estar, além de estar prejudicando a empresa com isso”, constatou.
Entre os prejuízos causados por lideranças ruins dentro das empresas e que foram mencionados durante o Papo Raiz, podem ser destacados: dificuldades em alcançar bons resultados; baixa produtividade da equipe; ambiente de trabalho comprometido.
*Artigo produzido pelo Papo Raiz – uma conversa descontraída e divertida sobre empreendedorismo e assuntos em alta na sociedade.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão