Thumbnail

Empreendedorismo feminino

Mulheres lideraram a abertura de empresas em 2019

GazzConecta, com colaboração de Millena Prado
20/03/2020 15:54
As mulheres estão liderando quando o assunto é abrir novas empresas no Brasil. Segundo dados da startup BigData Corp, 46% dos CNPJ's foram abertos por mulheres em 2019, contra 42% formalizadas por homens e 12% de empresas mistas, com um sócio homem e uma mulher. Desde o início do levantamento, em 2015, é a primeira vez que o número de empreendedoras supera o marco masculino.
Entre os principais setores que as mulheres estão atuando está o comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (29%), seguido pelas atividades de serviço pessoal, como as de estética. Também segundo a pesquisa, as novas empresárias em sua maioria têm entre 19 a 30 anos (34%) e de 31 a 40 anos (31%).
Segundo Thoran Rodrigues, CEO da startup, os dados apontam para o aumento da presença feminina no mercado de trabalho. “O dado indica que as mulheres estão ampliando a sua participação no mercado. Em 2015, apenas 40,52% das novas empresas criadas tinham apenas mulheres como sócias, quase sete pontos percentuais a menos do que encontramos na safra das empresas criadas em 2019”, afirma.
Para Márcia Giubertoni, consultora de negócios do Sebrae Paraná, a alta pode ser relacionada primeiro à maternidade e segundo à queda das vagas no mercado tradicional. “As mulheres que tiveram filhos procuram alternativas para continuarem com eles. Esse aumento acontece ou porque elas perderam a possibilidade de voltar para o mercado de trabalho e acabam vendo no empreendedorismo a oportunidade de ter uma renda fixa e ficarem próximas das crianças ou ainda por falta de postos de trabalho”.
Ainda na visão de Márcia, o empreendedorismo - e não só o feminino - está ligado ao aumento do desemprego. Segundo dados do Sebrae Paraná, de 2018 para 2019 houve um aumento de 22% no número de Microempreendedores Individuais de ambos do sexos. “Com a redução de empregos tradicionais muitos MEIs são abertos por pessoas que não conseguiram se recolocar no mercado de trabalho”, afirmou a analista.

Rede de apoio 

O Sebrae oferece apoio ao microempreendedor e também à mulheres através do programa Mulheres Empreendedoras. Desde 2016 o projeto oferece sessões de coaching, capacitação e mentorias, todas ministradas mulheres. O programa já capacitou mais de 300 empreendedoras e está com inscrições abertas. Maiores informações sobre a capacitação estão disponíveis pelo telefone 0800 570 0800 e também pelo portal do Sebrae.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão