Thumbnail

Startups, empreendedorismo social, inovação para o setor público e na área de saúde, e investimentos foram alguns dos temas debatidos no Gramado Summit.

Gramado Summit

Maturidade das startups e venture capital são temas debatidos durante o Gramado Summit

GazzConecta
14/04/2023 17:40
Uma das principais conferências sobre inovação, empreendedorismo e negócios do Brasil, o Gramado Summit termina nesta sexta-feira (14) contabilizando recorde de público. Ao todo, mais de 10 mil participantes marcaram presença no evento realizado na Serra Gaúcha. O número é superior ao do ano passado, quando a feira registrou 6 mil participantes.
Com mais de 350 palestrantes, o Gramado Summit abordou diferentes assuntos nos sete palcos do evento. Startups, empreendedorismo social, inovação para o setor público e na área de saúde, e investimentos foram alguns dos temas trazidos nesses espaços. Tecnologia digital, maturidade das startups e venture capital foram alguns dos assuntos também debatidos no evento.
No palco principal, uma grande diversidade de temas atraiu um público numeroso. O espaço trouxe nomes como Edu Lyra (Gerando Falcões), Eco Moliterno (Accenture Interactive), Monique Evelle (Inventivos), Pequena Lô (influenciadora digital), o Tedx speaker Cristiano Santos, Louise Barsi, Joel Jota, Luiz Candreva, Washington Olivetto e outros.
Um dos destaques do Palco Startup, Diego Barreto, vice-presidente de finanças e estratégia do iFood e autor do best-seller “Nova Economia”, trouxe uma visão de como a tecnologia digital quebrou os paradigmas econômicos e sociais e permitiu novas perspectivas de mercado. Segundo ele, a tecnologia digital tem como característica a descentralização dos meios de produção e aquisição de riquezas. Elas precisam de bons conteúdos e tráfego, e isso permite olhar para aquilo que está à frente, desenvolver, evoluir.
Essa característica pode ser vista em uma infinidade de empresas que nasceram na nova economia, dentre elas as paranaenses MadeiraMadeira, Olist e Ebanx. "Quem as desenvolveu poderiam ser pessoas que, com certeza, estariam em programas de trainee de grandes empresas, mas tiveram visão de buscar algo novo em um ambiente de oportunidades que a tecnologia digital oferece", disse.
Recorde de público na Serra Gaúcha: Gramado Summit reuniu mais de 10 mil pessoas em sua sexta edição. Crédito: Divulgação.
Recorde de público na Serra Gaúcha: Gramado Summit reuniu mais de 10 mil pessoas em sua sexta edição. Crédito: Divulgação.

Quatro pilares para que uma startup seja atrativa para um VC

Outro destaque do Palco Startup no segundo dia de evento foi o painel que reuniu quatro importantes investidores para discutir o que torna uma startup atrativa para fundos de investimento. Estiveram presente José Augusto Albino (Catarina Capital), Gabriel Alves (Headline), Barbara Raymundo (Ória Capital) e Fred Santoro (Raketo).
Os palestrantes enumeraram quatro principais pilares para além do pitch: a dedicação do empreendedor pelo seu projeto; a criatividade do negócio; a profundidade das informações apresentadas; e, o mais importante, o real conhecimento do mercado e da concorrência. “Dificilmente, alguém está criando um mercado novo. Por isso, o conhecimento da concorrência é fundamental para alavancar os negócios e isso torna mais profunda a apresentação de uma startup que quer se posicionar no mercado”, revelou Gabriel Alves.
“A concorrência é um fator essencial. É importante perceber que o mercado pode ter espaço para mais de um negócio no mesmo segmento. O que não pode acontecer é não saber quem é seu concorrente e como ele atua”, salientou Barbara Raymundo.
Os investidores também salientaram que há muito investimento disponível, mas o foco agora tem sido a maturidade dos negócios. Por isso, esses pilares são tão importantes segundo eles. “Os projetos precisam ser muito mais maduros para pleitear aportes. Hoje, o mercado de venture capital está mais criterioso. E um dos pontos importantes neste aspecto é que buscamos empresas que estejam fazendo seus negócios pensando nos seus clientes e não em investidores”, frisou Fred Santoro.

Recorde de público

Com mais de 10 mil participantes, o Gramado Summit bateu um recorde histórico em suas seis edições. O salto em número de participantes se deve ao interesse cada vez maior pela conferência e sua programação.
Segundo Marcus Rossi, CEO do Gramado Summit, a edição deste ano foi um marco na história do evento e da própria cidade de Gramado. “Durante os três dias de evento, as milhares de pessoas que passaram pelos pavilhões da feira trouxeram mais conhecimento, geração de negócios e movimentaram o setor econômico do próprio município. Para 2024, estamos trabalhando para trazer ainda mais ideias inovadoras e iniciativas que ajudem no crescimento e formação dos nossos participantes", destaca.

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão