Thumbnail

Rucelmar Reis, CEO da Adianto Capital. Crédito: Divulgação.

Fintechs

Capacitação e adaptação: os segredos do sucesso

Erica Hong
Erica Hong
27/10/2023 17:17
"O sucesso? Bem, ele não corre atrás da gente, querendo nos alcançar. É o contrário. Temos que ir atrás dele, trabalhar duro, ser persistentes. E aqui vai um segredo: muitas vezes, é mais sobre a jornada do que o destino".
As palavras inspiradoras são de Rucelmar Reis, executivo com mais de 32 anos de experiência e liderança em diversos setores. Atualmente, ele é CEO da Adianto Capital, uma fintech inovadora no setor de antecipação de recebíveis, além de se envolver em diversas iniciativas na área.
Reis iniciou sua carreira no mundo financeiro no final da década de 80. Nessa época, viu a tecnologia ganhar espaço e buscou capacitação para se manter atualizado. Nos anos 2000, a internet movimentou o mercado, e, com isso, o executivo se aproximou do marketing, o que lhe deu oportunidade de liderar projetos no setor.
De lá para cá, não parei mais de colocar a tecnologia como ponto central de minha jornada profissional, empreendendo e atuando como c-Level, advisor e board member de empresas relevantes, que tinham em seu DNA a busca constante pela transformação digital
, destaca.
Além da rotina empresarial intensa, Reis se dedica, também, a algumas iniciativas nas quais alia experiência, mentoria e networking. Ele é associado na BR Angels e Anjos do Brasil, empresas que fomentam o ecossistema empreendedor por meio do investimento, e no Chiefs.Group e Virtual Advisory Board, plataformas que conectam executivos seniores com empresas.
Atualmente, ele se especializa em projetos ESG (Environmental, Social and Governance), com foco principalmente na governança. "Nesse sentido, realizo palestras e participo de muitos eventos. Por exemplo, como mentor, tenho a honra de ser convidado pelo Google para compartilhar conhecimento com mais de 30 profissionais C-Level de agências de publicidade no Brasil", diz.
Para manter a balança entre vida profissional e pessoal equilibrada, o executivo recarrega as energias no futebol, não apenas como espectador, mas também treinando nas quatro linhas como jogador amador. Outro hobby é o golfe, no qual, além de fazer amizades, consegue construir um bom networking.
"O esporte sempre fez parte da minha vida e, ao longo dos anos, permitiu que eu estabelecesse conexões, aprendesse sobre trabalho em equipe e sobre liderança", comenta.

Consistência no propósito

Além dessas atividades, que, segundo ele, são desafiadoras, um dos maiores desafios que moldou sua visão sobre carreira e propósito foi durante o seu tempo trabalhando em um grande banco. Reis tinha como objetivo alcançar o topo da liderança daquela instituição. Porém, ao chegar no ápice da hierarquia, ele percebeu que a realidade se mostrou diferente do que ele havia idealizado. 
Senti que minha capacidade de influenciar verdadeiramente os rumos e a cultura da empresa era limitada. Ansiava por criar, inovar e construir negócios nos quais lucro e propósito caminhassem de mãos dadas. Então, tomar a decisão de deixar uma posição tão consolidada foi extremamente desafiadora. No entanto, percebi que meu verdadeiro chamado era o empreendedorismo, ser relevante na concepção de negócios sustentáveis e equilibrados
, ressalta ele.
Nesse cenário, ele acredita na importância de ser transparente e autêntico, especialmente quando se trata de orientar a trajetória de alguém ou de uma empresa. Em um episódio de sua jornada, ele relata que, após fornecer um feedback franco e honesto a um de seus colaboradores, teve que se despedir dele.
No entanto, isso não fechou uma porta, mas trouxe a possibilidade de vê-lo alcançar novas posições naquilo em que se destacava. "Hoje ele é um executivo renomado e sempre que me encontra expressa a gratidão, reconhecendo o quanto aquela conversa e orientação foram cruciais para sua carreira", destaca.
Para ele, o papel de mentores de negócios é vital, pois esses profissionais são capazes de alertar sobre problemas futuros e orientam os empreendedores para aquilo que realmente importa. “Acho que a experiência é uma ferramenta poderosa e, quando compartilhada, tem o potencial de prevenir inúmeras falhas, economizar recursos valiosos e acelerar o sucesso". 

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão