Thumbnail

Paula Bellizia, Presidente de Pagamentos Globais do EBANX, apresenta as novidades da fintech no Latin America Summit.

Novidades EBANX

No Latin America Summit, EBANX anuncia novas soluções de pagamentos

GazzConecta
15/09/2022 20:10
O unicórnio curitibano EBANX, fintech global de pagamentos especializada em economias em ascensão, lançou - durante a sexta edição do Latin America Summit que está sendo realizada nesta semana na Cidade do México -, novos produtos e soluções de pagamentos, além de anunciar a entrada no mercado africano.
São três os novos produtos endereçados a três diferentes oportunidades de mercado em crescimento: o processamento de transações de alto valor para o setor B2B SaaS/Cloud, um mercado de US$ 11 bilhões só na América Latina; micropagamentos para impulsionar o crescimento contínuo da economia de criadores global de mais de US$ 100 bilhões; e uma funcionalidade de transação única, que permite aos compradores adquirir produtos de vendedores locais e globais com apenas um pagamento nos marketplaces online.
"A economia de criadores está florescendo na América Latina, que tem alguns dos maiores apetites do mundo para a mídia social", disse Ariel Patschiki, Diretor de Produtos do EBANX, em nota. "Durante os últimos anos, tem havido uma tendência das marcas preferirem trabalhar com micro-influenciadores, que têm menos seguidores mas atingem mais nichos de interesse do público. Esse fenômeno tem gerado uma necessidade crescente de fornecer pagamentos de baixo valor, os micropagamentos, diariamente para esses influenciadores, que têm surgido cada vez mais desde a pandemia para ajudar as marcas a vender produtos nas redes sociais. Isso é o que estamos possibilitando".
O aumento das opções de assinatura de perfis e canais de criadores de conteúdo nas principais plataformas desde 2020 criou um desafio recorrente para o pagamento de transações de baixo valor. As novas funcionalidades de micropagamentos do EBANX endereçam todas essas questões que pesam sobre a economia de criadores, que deverá atingir um valor de aproximadamente US$ 16 bilhões na América Latina em 2022.
Do micro ao mega, outra novidade do EBANX é o processamento de mega pagamentos - a partir de US$ 10 mil acima por transação, até os limites regulatórios e controles específicos das instituições parceiras do EBANX -, que já está disponível no Brasil e vai facilitar e agilizar o processamento de pagamentos para empresas globais e regionais que vendem assinaturas de cloud computing, ERP, serviços de TI e SaaS em toda a América Latina. Agora, merchants de software e serviços B2B podem receber pagamentos únicos ou recorrentes para transações de alto valor por meio da plataforma automatizada, rápida e confiável do EBANX.
A solução EBANX High Ticket é a primeira de seu tipo no mercado latino. Os fornecedores de Cloud e SaaS se beneficiam de processos de pagamento automatizados e rápidos (quase em tempo real) e uma melhor experiência do usuário -- e, o que é importante, todas as transações são feitas em total conformidade com as exigências regulatórias das instituições financeiras parceiras do EBANX, e com segurança de nível empresarial que ajuda a monitorar e prevenir fraudes. Além disso, o EBANX acomoda uma ampla variedade de métodos alternativos de pagamento usados na América Latina, em diferentes moedas, tais como carteiras digitais, pagamentos com vales, cartões de crédito domésticos, pagamentos recorrentes, e pagamentos únicos para o valor total da compra.
"Os comerciantes de software e serviços B2B que experimentaram a nova solução durante a fase inicial encontraram uma operação facilitada, processamento automático de checkout, redução dos prazos e aumento da eficiência de custo", disse Erika Daguani, VP de Produto do EBANX. "Automatizamos um processo que é realmente difícil de automatizar com nossa tecnologia avançada e proprietária que proporciona níveis mais altos de serviço e desempenho de pagamento a um preço mais acessível".
Já para enfrentar um desafio para os merchants de comércio digital e seus clientes, o EBANX agora oferece também um recurso de transação única que permite aos consumidores comprar vários produtos de vendedores locais e internacionais nos marketplaces online e fazer um único pagamento em vez de várias transações separadamente. Com essa solução, o EBANX processa os pagamentos para cada vendedor no back-end, mas a experiência do comprador se torna mais simples e fácil.
“Nosso novo recurso de transação única para os marketplaces aborda um enorme problema para o crescente número de merchants online que oferece um mix de produtos locais e internacionais aos compradores nos países em que o EBANX opera", disse Erika Daguani, VP de Produto do EBANX. “Antes disso, os consumidores que compravam produtos de países diferentes precisavam fazer vários pagamentos. Agora, eles podem desfrutar de uma experiência de pagamento unificada".

EBANX chega à África

Depois de fortalecer sua presença em 15 países latino-americanos ao longo de uma década, o EBANX priorizou sua expansão global no continente africano, que a empresa acredita ser a próxima grande fronteira de crescimento para pagamentos digitais e mercado digital nos próximos anos.
"Este é o momento da África, lembra bastante o cenário da América Latina em 2012, quando o EBANX iniciou sua jornada, fornecendo a empresas globais acesso para vender mais mercadorias e serviços digitais via internet aos latino-americanos através de métodos de pagamentos locais", disse João Del Valle, CEO e cofundador do EBANX, em nota. "A economia digital da África em rápido crescimento está apenas começando e está projetada para crescer ainda mais e se consolidar nas próximas décadas. Ao lado de atores globais, o EBANX será um catalisador dos muitos benefícios de uma economia digital acelerada".
De acordo com relatório divulgado em junho de 2022 pela Endeavor, com contribuições da McKinsey & Company, há atualmente uma economia digital de US$ 115 bilhões na região, resultado da combinação de uma população jovem e com conhecimento digital.
"A África está repleta de potencial de crescimento. A adoção digital e o consumo de bens e serviços online aceleraram rapidamente nos países africanos, e muito capital de investimento tem sido injetado na região", disse Paula Bellizia, Presidente de Pagamentos Globais do EBANX. "Após estudar a região e construir um profundo entendimento de seus atores, entidades e desafios locais, estamos mergulhando na África para fornecer soluções de pagamentos locais que ajudarão a construir a economia digital em um ritmo rápido, impulsionarão uma inclusão financeira mais ampla para sua população e proporcionarão maior acesso a uma variedade de bens e serviços de empresas globais interessadas em construir sua participação no mercado da região".
De acordo com o relatório da Endeavor, "The Inflection Point: Africa’s digital economy is poised to take off", os três países africanos em que o EBANX está se concentrando nesse primeiro momento, África do Sul, Quênia e Nigéria, juntamente com o Egito, representam 32% da população do continente, 51% do seu PIB e 73% das aceleradoras de startups ativas no continente atualmente. A taxa de crescimento anual composta (CAGR) da África de 2010 a 2019 foi superior tanto à Europa como à América Latina.
É importante ressaltar que o alto nível de penetração e consumo mobile nos países africanos posiciona a região como a "próxima fronteira" -- mas enquanto o aumento do acesso mobile ajuda a impulsionar as compras online na América Latina durante as últimas etapas da inclusão digital, na África, os dispositivos móveis e as transferências de dinheiro digital são a base para o acesso bancário e a inclusão financeira para a enorme população do continente de mais de 1 bilhão de pessoas.
As soluções EBANX na África contemplarão métodos de pagamento locais populares, incluindo:

Na África do Sul

Instant EFT by OZOW permite aos compradores online acessar o banco pela internet para fazer uma Transferência Eletrônica de Fundos (EFT) verificada instantaneamente. O EFT é o segundo método de pagamento online mais popular na África do Sul atualmente.

No Quênia

M-Pesa, um serviço bancário móvel que permite aos usuários armazenar e transferir dinheiro, assim como pagar por compras on-line através de seus telefones celulares. A M-Pesa foi introduzida no Quênia como uma forma alternativa para que a população do país tenha acesso a serviços financeiros.

Na Nigéria

USSD, um protocolo baseado em sessão que viaja através do canal de sinalização GSM para consultar informações e acionar serviços. Ele permite que os clientes paguem por suas compras de comércio digital.
Transferências bancárias, que permitem aos clientes pagar por compras online de forma rápida e fácil sem precisar de um cartão de crédito ou débito. Elas são um dos principais métodos alternativos de pagamento da Nigéria, pois são muito seguras e confiáveis.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão