Thumbnail

Diego Garcia e Gerry Ciacomán Coyler, cofundadores da fintech mexicana Clara.

Plano de expansão

Clara: fintech mexicana levanta US$ 150 milhões em linha de crédito

GazzConecta
08/08/2022 19:57
A fintech mexicana Clara acaba de garantir um financiamento para seu plano de expansão de carteira de clientes corporativos por meio de uma linha de crédito com o Goldman Sachs, no valor de até US$ 150 milhões.
O financiamento, que começa com US$ 50 milhões, ajudará a empresa mexicana a aumentar suas operações de empréstimos, acelerar sua expansão na América Latina e investir em tecnologia. A Clara prepara sua próxima expansão para Peru e Chile.
“É uma operação de dívida que vai permitir que a Clara opere em uma escala maior e com foco em companhias maiores. Esta nova linha de crédito nos permitirá mais que dobrar nossa cobertura no México, enquanto concentramos recursos adicionais em nosso produto e expansão geográfica”, explicou o cofundador e CEO da Clara, Gerry Ciacomán Coyler, em nota.
A fintech tem atualmente 5 mil clientes corporativos entre México e Colômbia e outros mil clientes no Brasil, segundo o CEO. No início, a carteira de cartões de crédito corporativo e gestão de despesas era majoritariamente composta por startups, que hoje representam só 10% do portfólio.
“Estamos mais focados no middle market e vemos as companhias mais cautelosas nas decisões de investimento. Continuamos crescendo justamente porque ajudamos essas empresas a fazer um uso mais eficiente dos recursos que têm, e não a gastar mais”, revelou Colyer, em nota à imprensa.

Enquete

Imagine a possibilidade de criar vídeos realistas com ferramentas de inteligência artificial, como o Sora. Você teria interesse em utilizar uma ferramenta como essa no futuro?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão