Thumbnail

Time da Bankme, fintech que, até o momento, reuniu mais de R$ 13 milhões em investimentos. Crédito: Divulgação.

Aporte

Após triplicar faturamento com solução de minibancos, Bankme capta R$ 7,4 milhões com DOMO܂VC

GazzConecta
05/01/2024 08:46
A londrinense Bankme é a primeira fintech do Brasil a criar e operar minibancos, auxiliando empreendedores de diferentes setores na oferta descomplicada de crédito, com soluções que unem tecnologia, segurança e rentabilidade.
Os minibancos vão além da antecipação de recebíveis e proporcionam soluções tecnológicas que ampliam as oportunidades de captação e originação, impulsionando o crescimento dos negócios. Além da estruturação do veículo de crédito, a Bankme é responsável por toda a operação de backoffice, que contempla as demandas burocráticas, operacionais, técnicas e contábeis do Mini Banco.
Em dezembro, a fintech anunciou a captação de R$ 7,4 milhões com a DOMO.VC, gestora líder em venture capital no país. Com esta rodada, a empresa pretende manter o ritmo acelerado de crescimento, ao mesmo tempo em que otimiza os serviços para beneficiar os clientes.
A startup, que de agosto de 2022 até o momento reuniu mais de R$ 13 milhões em investimentos, também acaba de triplicar o faturamento. Com isso, mira em mais um período de crescimento, o que reflete em sua avaliação de mercado. “Acreditamos em um crescimento em múltiplos elevados, tanto em receitas e geração de caixa quanto em valuation, nos próximos 12 a 18 meses”, destaca, em nota, o sócio da DOMO.VC, Felipe Andrade.
“Considerando o momento da empresa, precisávamos definir se a Bankme continuaria em ritmo acelerado de crescimento ou se diminuiríamos para alcançar nosso breakeven. Foi então que, em alinhamento com os investidores, concluímos que uma rodada complementar permitiria alongarmos nosso runway e nos prepararmos para um salto. Queremos evoluir cada vez mais para transformar o mercado de crédito nacional com os minibancos”, comenta o CEO da empresa, Thiago Eik, também em nota.
Em agosto de 2022, a empresa já havia recebido aporte de R$ 5,5 milhões em rodada seed composta pela DOMO.VC, Apex Partners, Bamboo Capital Markets, além do investidor e mentor de startups Aury Ronan Francisco.
A solução da startup permite que qualquer pessoa tenha sua própria estrutura financeira, os minibancos, e ofereça diferentes soluções de crédito para suas redes de relacionamento. Para contribuir com o avanço constante do negócio, o aporte atual vai viabilizar o avanço de um novo produto, dividido nas frentes Redesconto e Aporte.
Na primeira, Redesconto, será estabelecido o redesconto dos títulos financeiros operados pelo minibanco, garantindo assim liquidez imediata para as operações. Já a segunda, Aporte, permite que a Bankme aumente em até quatro vezes o capital sob gestão do minibanco, para que o cliente possa capitalizar e gerar mais negócios.
“Sabemos que um dos maiores desafios para quem quer empreender no crédito é a falta de capital. Com os recursos dessa rodada, vamos investir em tecnologia e pessoas para desenvolver a área de redesconto e aporte e ampliar nosso atendimento nessa frente”, complementa o COO da Bankme, André Bravo.

Presença consolidada no mercado

Desde o aporte de 2022, a Bankme deu sequência aos planos que envolviam permitir aos clientes oferecerem novas modalidades de crédito ao seu público, o que até então só era concedido aos bancos tradicionais e implicava em inúmeras burocracias.
Assim, com os minibancos, empreendedores do setor de crédito que antes realizavam apenas a antecipação de recebíveis passaram a atuar também com empréstimos e financiamentos com emissão de cédula de crédito bancário (CCB), além de outros recursos.
Atualmente, a startup possui 70 minibancos sob gestão e projeta ainda se tornar líder em conhecimento, portfólio de produtos e capital para aqueles que desejam empreender no mercado de crédito. Na busca por oferecer uma solução cada vez mais completa para os clientes, a fintech também estuda a estruturação de uma trava para recebíveis de cartão de crédito, com data indefinida para o lançamento.
“Queremos oferecer uma alternativa completa para nossos clientes, com minibancos munidos de todos os produtos de crédito para quem deseja ingressar nesse mercado. A ideia é consolidar a Bankme como um hub no qual empreendedores do mundo financeiro possam encontrar tudo de que precisam para ofertar crédito com segurança, eficiência e lucratividade”, finaliza o CEO Thiago Eik.
Por conectar diferentes alternativas de crédito e oferecer uma experiência completa aos clientes, a Bankme foi reconhecida como um dos negócios mais promissores do país pelo ranking 100 Startups to Watch, em 2022. Em agosto de 2023, a startup foi selecionada para fazer parte do programa Scale-Up da Endeavor.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão