Thumbnail

João Gabriel Alkmim (CEO), Márcio Dantas (CTO) e Tiago Barros (diretor comercial) da Healthtech Vitta.

Saúde

Healthtech cria plano de saúde para startups com apólices 15% mais baratas e descontos em medicamentos

Patrícia Basilio, especial para Gazeta do Povo
06/01/2020 15:10
O Brasil possui mais de 12 mil startups que respiram tecnologia e possuem equipe enxuta que trabalha com metodologia ágil. Foi pensando neste mercado que não para de crescer que a Vitta, healthtech investida pelos economistas Jorge Paulo Lemann e Armínio Fraga, lançou um plano de saúde exclusivo para startups de São Paulo (SP), São Luís (MA) e Salvador (BA), que promete ser 15% mais barato que os demais. Também há descontos em medicamentos em uma rede de 8,3 mil farmácias conveniadas. Nos próximos anos, a empresa deve vender o produto em outras capitais.
De acordo com Tiago Barros, diretor comercial da Vitta, responsável pela área de inovação, a empresa, passou um ano conversando com as operadoras para desenvolver um produto mais  adequado à realidade das startups — que geralmente possuem um time menor, composto por funcionários mais jovens. Logo quando o produto foi lançado, em novembro, a fila para adesão era de 20 mil empreendedores. Hoje, a fila de espera é ainda maior, mas não foi revelada pela empresa.
“Oferecemos
redes credenciadas em vários hospitais e laboratórios, além de reembolso e
equipe de saúde 24h via telemedicina, por meio de parceria com a Unimed e a
Omint. A apólice chega a ser 15% menor do que a de planos de saúde tradicionais
por questões atuariais. Ou seja, pelo perfil dos clientes”, explicou Barros.
O
benefício farmacêutico, com a ePharma, por sua vez, funciona da seguinte maneira:
o beneficiário paga apenas 10% dos remédios se forem genéricos. Caso os
medicamentos sejam da marca que gerou a patente, o plano arca com 50% do valor
e o cliente, a outra metade.  Para ter direito ao benefício, o cliente tem
de apresentar a receita médica e o cartão do plano de medicamentos da Vitta nas
farmácias parcerias. “Queremos ajudar as pessoas a se cuidarem”, afirmou o
diretor.
Questionado
sobre o valor médio de uma apólice, Barros afirma que o serviço varia de acordo
com o perfil do cliente e considera, entre outros fatores, idade e sexo da
pessoa.
A Vitta planeja expandir a oferta do produto para capitais de outros estados, sem revelar quais serão as primeiras, e deve colher os primeiros resultados do projeto — dobrando de tamanho em relação a 2019. “No próximo ano, vamos acelerar a implantação dos produtos nas startups e diminuir a fila de espera. Queremos nos consolidar nesse segmento”, adiantou Barros.
>>>

Enquete

A inteligência artificial está transformando rapidamente aspectos da sociedade. Como você percebe o impacto da IA em nossas vidas?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão