Thumbnail

O documento Diretrizes para Adoção da Inteligência Artificial na Administração Pública Estadual foi assinado durante a programação do Connet Week. Foto: Jonathan Campos/AEN

Inteligência Artificial

Google Cloud e Governo do Paraná assinam parceria para uso de IA nos serviços públicos

GazzConecta
20/06/2024 17:26
IA nos serviços públicos, parceria com o Google Cloud, investimento para ambientes promotores de inovação e cursos gratuitos de Inteligência Artificial, estão entre as novidades anunciadas nesta quinta-feira (20), pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, durante a programação do Connect Week.

O documento de Diretrizes para Adoção da Inteligência Artificial na Administração Pública Estadual, faz um panorama das iniciativas e ações já empreendidas pelo governo para aproveitar todo o potencial da IA na melhoria dos serviços públicos, na eficiência da gestão e no desenvolvimento socioeconômico do Paraná, e também aponta caminhos para o futuro.
O plano também prevê a expansão estratégica da adoção de IA, o aprofundamento das parcerias com o setor privado, universidades e a disseminação da cultura de inovação em todo o governo. O documento fará parte do anteprojeto que será enviado à Assembleia Legislativa sobre a implementação de soluções de Inteligência Artificial no Estado.
Os anúncios são realizados uma semana depois da notícia sobre a intenção do Governo de inaugurar um Hub de GovTechs no Canal da Música, em Curitiba.

Memorando de entendimento com o Google

Nesta ocasião, o governador assinou também um memorando de entendimento entre o Governo do Estado e o Google Cloud Brasil, como pontapé inicial para a criação de soluções de IA no serviço público.
“O Paraná se consolida como o estado mais inovador do Brasil, fruto de um ambiente que usa a tecnologia para prestar serviços que atendem a população”, disse o governador. “Hoje firmamos uma parceria com o Google para utilizar ferramentas de IA levando em consideração as nossas especificidades em diferentes áreas, para que possamos agilizar a entrega de serviços de qualidade aos paranaenses.
De acordo com o secretário estadual do Planejamento, Guto Silva, o olhar para a IA no serviço público irá seguir todas as premissas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). “A inteligência artificial já é uma realidade, e com muita cautela, solidez e cuidando dos dados dos cidadãos, vamos poder utilizar uma série de ferramentas que vai aperfeiçoar muito a administração pública”, afirmou. Segundo o ele, as ferramentas irão potencializar a atuação dos servidores estaduais.
O presidente do Google Cloud na América Latina, Eduardo Lopes, disse que o Paraná poderá utilizar as ferramentas da Inteligência Artificial Generativa para melhorar os serviços prestados. “Fomos desafiados pelo governador Ratinho Junior e já começamos a pensar em como poderíamos ajudar a impactar positivamente os paranaenses. A Inteligência Artificial Generativa utiliza algoritmos sofisticados para criar conteúdo original e personalizado, melhorar a eficiência operacional e proporcionar serviços mais eficazes aos cidadãos”, explicou. A parceria com a Google Cloud também será levada às universidades estaduais com o objetivo de capacitar jovens estudantes nas ferramentas de Inteligência Artificial.
Entre as possibilidades do uso da IA Generativa no Paraná, está a automatização de processos, por exemplo, na área da Segurança Pública com o processamento automático de Boletins de Ocorrência, via ferramenta de IA priorizando casos críticos e a capacidade de lidar com um alto volume de documentos. Os principais projetos serão detalhados nos próximos meses, a partir da análise da Assembleia Legislativa.

Gestão da IA no estado

O plano lançado pelo Governo do Estado inclui questões como ética, transparência e regulação e propõe diretrizes para o uso responsável da IA, em conformidade com princípios éticos e a legislação vigente, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Ele também prevê uma série de medidas para capacitação do corpo técnico, modernização da infraestrutura, estabelecimento de parcerias estratégicas e promoção do ecossistema de inovação no Estado.
O texto explora o conceito de ambiente regulatório experimental (sandbox regulatório), que permitirá testar e aprimorar a aplicação da lA em um ambiente controlado antes de uma implementação mais ampla. A proposta é utilizar as ferramentas de inteligência artificial como um meio de impulsionar a inovação, a transparência e a efetividade das políticas públicas, com foco no bem-estar do cidadão.

Capacitação gratuita

A Secretaria estadual da Administração, por meio da Escola de Gestão do Paraná, disponibiliza um curso gratuito na modalidade online para servidores e comunidade em geral expandirem conceitos de engenharia de prompt, data literacy e ferramentas de IA. O curso, disponível desde fevereiro de 2024, já certificou mais de 500 pessoas. É possível acessar as vagas por este link.

Edital de contratação de serviços

Em julho, a Celepar lançará um edital para contratação de R$ 10 milhões em serviços de processamento de dados por inteligência artificial. A novidade permitirá que órgãos do Governo do Estado processem grandes volumes de dados de forma ainda mais eficiente.
As ferramentas digitais a serem adquiridas funcionam a partir do conceito de machine learning, ou seja, os sistemas aprendem e melhoram seu desempenho com base nos próprios dados com os quais são alimentados. 
A maior agilidade no processamento permitirá que os gestores públicos possam obter análises aprofundadas sobre as informações referentes ao seu setor de atuação e, assim, tomar decisões embasadas em dados concretos e estudos objetivos.

Investimentos para ambientes promotores de inovação

Durante o evento, o governador Ratinho Junior anunciou também a liberação de R$ 12 milhões para o Sistema Estadual de Ambientes Promotores de Inovação no Paraná e mais R$ 36,5 milhões para 147 projetos selecionados pelo Programa de Apoio aos Ambientes Promotores de Inovação no Paraná.
“São aceleradoras, hubs, espaços que investem em tecnologia e inovação que foram credenciados pelo Governo do Estado e recebem recursos para ampliar suas atuações e continuar deixando o estado na vanguarda da inovação”, disse o secretário estadual da Inovação, Alex Canziani.
Segundo ele, a expectativa é de que outros 250 espaços promotores de inovação sejam credenciados em um novo edital de credenciamento para ambientes promotores de Inovação assinado e autorizado pelo governador no evento desta quinta-feira.

Enquete

No Google for Brasil 2024, a gigante de tecnologia anunciou diversas novidades para o mercado brasileiro. Dentre elas, qual lhe chamou mais a atenção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão