Thumbnail

A Restin trabalha com parceiros de São Paulo e região do ABC paulista, resgatando alimentos próximos da data de vencimento para vendê-los a restaurantes comerciais de pequeno e médio porte e cozinhas solidárias. Crédito: Freepik.

Combate à fome

Startup Restin trabalha para evitar o desperdício de alimentos

GazzConecta
10/01/2024 10:31
Segundo relatório publicado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em julho do ano passado, o Brasil tem 21 milhões de pessoas que não têm o que comer todos os dias e 70,3 milhões em insegurança alimentar. Ao todo, são 10 milhões de pessoas desnutridas no país.
"É impossível viver em um mundo onde toneladas de alimentos são jogadas fora todos os dias enquanto tantos vivem em condições de insegurança alimentar", afirma Luciano Almeida, CEO e fundador da Restin, startup que trabalha diretamente com o problema do desperdício de alimentos na indústria.
Nutricionista de formação, Almeida decidiu se empenhar nesta missão após uma viagem à Europa, onde conheceu uma organização italiana sem fins lucrativos que se dedica a promover a conscientização humana sobre o problema do desperdício de alimentos.
Voltando ao Brasil, decidiu empreender para aplicar seus conhecimentos pela perspectiva social. Fundou a Restin em setembro de 2020 e, em 2022, participou do InovAtiva de Impacto Socioambiental, programa de aceleração focado em negócios inovadores com propósito de gerar impacto social ou ambiental positivo. No final do ciclo de aceleração, foi premiado como destaque em sua categoria pela banca avaliadora do programa. Agora, a startup fechou contrato com uma empresa de captação de investimento, a EqSeed, e tem como objetivo captar aproximadamente R$ 1 milhão nos próximos meses.
A Restin trabalha com parceiros de São Paulo e região do ABC paulista, desempenhando uma função imprescindível: resgatar alimentos próximos da data de vencimento e vendê-los para restaurantes comerciais de pequeno e médio porte e cozinhas solidárias, além de contribuir com doação em banco de alimentos, evitando assim que eles sejam descartados. Um desses bancos é a Gastromotiva, uma das mais importantes organizações não governamentais de combate à fome no Brasil. Do outro lado, um dos seus parceiros é a Swift, uma das maiores marcas de proteínas do país.

Desperdício

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU), cerca de um terço de todos os alimentos produzidos para consumo humano é jogado no lixo anualmente. Essa quantidade de comida não só poderia ser utilizada para alimentar milhões de pessoas no mundo inteiro, mas também é um dos grandes vilões do aquecimento global.
O desperdício desse volume de alimentos responde por mais emissões de gases de efeito estufa do que qualquer país, exceto China e Estados Unidos. Esse problema ocupa o 3° lugar entre as maiores causas do aquecimento global. Um dos alimentos que mais prejudicam na emissão é a carne: 1kg desperdiçada equivale a 60 kg de CO2 emitido.
Dentro da categoria "foodtech de impacto", a Restin se esforça para reduzir o desperdício de alimentos que está na indústria, focando em proteínas, estocáveis e laticínios. No último ano, ela conseguiu resgatar 30 toneladas de proteínas. Ela já recebeu um investimento anjo e agora está com uma rodada pré-seed aberta para ampliar suas operações.
"O propósito é algo que pode mudar ao longo da vida e de acordo com as nossas vivências, contudo é importante pensar no que estamos fazendo no mundo. Se estamos nos esforçando para transformá-lo em um lugar melhor", diz Almeida.

E vem aí o GazzSummit

O GazzSummit Agro e Foodtechs é uma iniciativa pioneira do GazzConecta para debater o cenário de inovação em dois setores de grande relevância para o país. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de maio de 2024 com o propósito de conectar e promover conhecimento para geração de novos negócios, discussão de problemas e desafios, além de propor soluções para o setor.
O GazzSummit promove a disseminação de tecnologias e práticas de inovação que possam levar a cadeira produtiva ainda mais longe. Uma super estrutura espera os participantes, que poderão conferir mais de 30 palestrantes e mais de 300 empresas. O evento vai reunir players importantes do ecossistema como grandes empresas, cooperativas, produtores, entidades públicas, startups e inovadores. Garanta já a sua inscrição no site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão