Thumbnail

Bossanova Investimentos lança comitê para fomentar a inovação na saúde

Healthtechs

Bossanova Investimentos lança comitê para fomentar a inovação na saúde

GazzConecta
18/08/2022 20:34
A Bossanova Investimentos, em parceria com o Hospital Dona Helena, anunciou o lançamento de um comitê de investimento voltado a healthtechs. O projeto apoiará startups especializadas em saúde com o objetivo de fomentar soluções inovadoras para o setor. A unidade de inovação do hospital, InovaDona, que opera junto ao complexo Ágora Tech Park, em Joinville (SC), será lançada este mês e funcionará como um centro de inovação aberta para startups e parceiros, que também poderão se qualificar para receber investimentos do comitê.
A parceria com a Bossanova é vinculada ao eixo de protagonismo do modelo de inovação do Dona Helena, que tem como objetivo atuar na alta complexidade da instituição e nas demandas do mercado para ações em saúde. "O InovaDona elaborou estratégias de inovação fundamentadas em um propósito único de promover a boa saúde no país com mapeamento de tendências, conectando-as a uma rede de conhecimento especialista. Com essa nova frente, poderemos promover e fomentar ainda mais a inovação e o empreendedorismo em todos os níveis de atuação dos hospitais, gerando melhorias e novos negócios”, resume Chander João Turcatti, gestor do InovaDona, em nota à imprensa.
A instituição conta atualmente com mais de vinte iniciativas de inovação aberta e fechada, com temas como nanotecnologia, câncer, Alzheimer, humanoides, epilepsia, Lean Healthcare e metaverso.
Segundo João Kepler, CEO e fundador da venture capital, o lançamento do comitê conversa com o desejo das duas instituições de fomentar o ecossistema de healthtechs. “A partir dessa parceria, nós temos a oportunidade de democratizar mais o investimento em startups de saúde e o Hospital Dona Helena de avançar com sua área de inovação, junto ao Smart Money possibilitado pela Bossanova”, conta Kepler.
Este é o segundo comitê lançado pela empresa exclusivamente para healthtechs. No primeiro, foram oito negócios investidos: as startups Mitfokus, Medipreço, Probrain, Dr Cash, Carefy, RadarFit, MedicTalks e Closecare; e mais recentemente, Mitfokus e Probrain.
O comitê tem como tese de investimentos as especificações padrão da gestora: startups B2B, que tenham pelo menos um ano e meio de vida e estejam já faturando no mínimo R$ 20 mil por mês. O diferencial é que as empresas estejam operando preferencialmente nos modelos SaaS e IoT (internet das coisas). Para participar da seleção, as devem submeter seus pitchs decks pelo site.

Enquete

As ferramentas de IA estão se tornando cada vez mais populares e acessíveis, com diversas opções disponíveis para diferentes necessidades. Qual delas você mais utiliza?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão