Thumbnail

Jimmy Wales, fundador da Wikipedia, em palestra no Case 2019 (Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo).

Empreendedorismo

“Bom em falhar”: três fracassos de Jimmy Wales antes de fundar a Wikipedia

Patrícia Basilio, especial para a Gazeta do Povo
07/12/2019 23:09
Antes de criar a enciclopédia digital Wikipedia, Jimmy Wales fracassou em diversos projetos. Mas ele tem orgulho dessas frustrações, a ponto de dizer que é “bom em falhar”. Esse foi o tema de sua apresentação no Case 2019, a Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo. O evento foi realizada em São Paulo no fim de novembro pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), com o patrocínio do Cubo Itaú, maior hub de empreendedorismo da América Latina.
“Quando as pessoas pensam em empreendedorismo, muitas vezes imaginam empresários bilionários. Mas empreender envolve mais fracasso do que sucesso. Eu fracassei tantas vezes que prefiro nem contar todas elas. São muitos dolorosas”, disse Wales à Gazeta do Povo. Conheça três das iniciativas mal-sucedidas do empresário norte-americano:
  1. O primeiro negócio que Jimmy Wales criou, na década de 1990, foi para restaurantes compartilharem seus menus na internet. Como poucas pessoas conheciam a internet, a ideia não prosperou.
  2. Outro projeto que deu errado foi um buscador pago por anúncios, que em três meses foi tomado por "spammers" chineses.
  3. Após várias tentativas frustradas, Wales criou uma enciclopédia virtual chamada Nupedia, em que só especialistas podiam publicar materiais, como pesquisas e artigos acadêmicos. Ele investiu US$ 250 mil no projeto. O resultado? Novamente um fracasso. “Sabia que a ideia não daria certo quando eu mesmo escrevi algo sobre finanças e decidi enviar o artigo para um pesquisador revisar. Concluí que ninguém leria os textos para uma enciclopédia aberta, principalmente como voluntário”, recordou Wales.

"Falhe rápido e não espere a ideia perfeita chegar", diz Jimmy Wales

Em 2001, uma ideia que Wales havia considerado “boba” deu origem à Wikipedia, enciclopédia que acumula 15 milhões de artigos diferentes até o  momento e é acessada por 1,5 bilhão de aparelhos mensalmente.
“O empreendedor precisa falhar rápido e não esperar a ideia perfeita chegar. Além disso, ele não deve se limitar a uma única ideia de negócio por conta de seu ego”, aconselhou ele no Case 2019.
A última empreitada do norte-americano foi lançada em outubro, na Alemanha: a WikiTribune, uma plataforma de jornalismo colaborativo sem anúncios. A proposta do site é que os algoritmos sejam usados para selecionar as melhores informações.
Com apenas três desenvolvedores, a WikiTribune ainda é um projeto novo para Wales dizer se será mais um fracasso em sua lista, mas os números sugerem que o site pode estar no caminho certo.
Segundo o empreendedor, a rede já passou dos 350 mil usuários, tem doadores que rentabilizam o negócio e uma lista de espera de aproximadamente 200 mil inscritos. “Para que nossa rede tenha estabilidade no longo prazo, temos de manter a comunidade saudável. Os usuários também devem se divertir e gerar conteúdo de qualidade”, concluiu ele.

Enquete

Estes são os temas mais procurados em relação a cursos sobre inteligência artificial no momento. Se você tivesse que escolher um deles, qual seria sua opção?

Newsletter

Receba todas as melhores matérias em primeira mão